Como aprender mais rápido - saiba como otimizar seus estudos!

Saiba como aprender mais rápido para otimizar os seus estudos!

como aprender mais rápido- uma moça segurando um caderno com uma expressão pensativa;

Muitos estudantes, em meio a tanta informação e grande carga horária de estudo, acabam não retendo todo conteúdo que foi estudado. Por vezes até chegam ao fim do dia com a sensação de baixo rendimento.

Mas, o que muitos não sabem, é que existem diversas técnicas eficientes de como aprender mais rápido sem que se perca a qualidade do aprendizado. 

Claro, todo o processo de aprendizado não acontecerá em um passe de mágica. Porém, aplicando meios eficazes, é possível absorver todo o conhecimento e aprender mais rápido para sobrar mais tempo para outras atividades. 

Por isso, neste artigo, separamos algumas dicas de como aprender mais rápido para que o seu estudo seja otimizado. Dá uma olhada! 

 como aprender mais rápido- alunos estudando dentro de uma sala de aula.
Créditos: Wavebreakmedia/ depositphotos

Como aprender mais rápido

Encontre um método de estudos

Muitas vezes, o maior motivo do baixo rendimento em uma rotina de estudos é não estudar de maneira que seja favorável às suas características pessoais. 

Isso acontece, pois, cada estudante possui uma forma diferente de aprender. Logo, estabelecer padrões de estudo não é indicado, visto que é necessário respeitar as particularidades de cada um. Por isso, para conseguir aprender mais rápido, uma das dicas é buscar o método de estudo que mais se encaixe com o seu perfil.

Faça revisões frequentes

Como citado acima, o processo de aprendizagem não é dado em um passe de mágica. Logo, para conseguir memorizar, absorver e lembrar de algum conteúdo por um longo período, é necessário fazer o exercício de repetição. Isto é, de tempos em tempos voltar ao que foi estudado para revisar. 

A dica é fazer revisões periódicas, e à medida que se fixar  o conteúdo, faça intervalos entre uma revisão e outra.

Faça exercícios físicos

Uma mente saudável precisa de um corpo saudável. Muitos estudos mostram que a prática de exercícios físicos contribuem de maneira favorável para o cérebro. 

Além de melhorarem a memória, reduzir o estresse, prevenir doenças e melhorar a qualidade de sono, os exercícios também auxiliam no funcionamento do cérebro. Ou seja, melhora o processamento de diversas e distintas informações durante o estudo. 

Essa prática também proporciona muito mais energia ao nosso corpo, o que é indispensável para qualquer estudante. 

Tenha pequenas recompensas ao final de cada estudo 

Essa dica é super interessante para conseguirmos motivação para aprender mais e de forma mais rápida. Ela consiste basicamente em, antes de iniciar os estudos, pensar em uma pequena recompensa como, alguns minutos de descanso, comer um doce gostoso, ouvir sua música favorita etc, após finalizar tudo o que se propôs a estudar. 

Dessa forma, nos sentimos incentivados a estudar de maneira atenciosa e otimizada. 

Durma pelo menos 8 horas por noite 

Alguns estudantes acham que a solução para aprender de forma mais rápida é sacrificar horas de sono para estudar. Mas, na verdade, esse é um grande erro!

Alguns estudos mostram que dormir bem durante a noite ajuda a ter mais foco e concentração. Logo, dormir bem, fará você memorizar e reter mais conteúdo durante o processo de aprendizagem. 

Tenha horários destinados ao descanso e lazer

Outra ideia muito errônea é achar que o descanso e lazer não contribuem com o aprendizado.

Porém, um estudante que não possui horários destinados a outras atividades acaba prejudicando sua capacidade de aprender mais rápido e diminuindo a qualidade do seu estudo. 

Isso acontece, pois, quando não temos momentos para relaxar e espairecer, ocorre um acúmulo de informações, e o cérebro não consegue retê-las. Logo, faça diferentes programações para o fim de semana, separe um tempo para assistir um filme e ficar com a família, pois esses momentos são muito importantes, ok?

Beba muita água 

Você sabia que a desidratação pode causar danos ao cérebro? Sim! Estudos mostram que pessoas que não bebem água têm uma menor capacidade mental de processar informações.

Sendo assim, essa dica não pode ser descartada! Por isso, tomar água ao longo do dia e, principalmente, durante o estudo é fundamental. 

Pratique o que aprender 

Nós já falamos sobre exercícios físicos, agora é hora de falar sobre testes e provas. Após assistir uma aula ou ler algum material é fundamental pegar alguns exercícios relacionados ao assunto para resolver. 

Parece uma dica boba ou até mesmo sem graça, mas apenas colocando em prática toda a teoria é que realmente conseguimos aprender e fixar todo o conhecimento. 

Tenha uma alimentação saudável

Tudo o que comemos influencia diretamente em nossas ações. Para termos energia, concentração e disposição é necessário se alimentar bem.

Algumas estratégias em relação a isso envolve saber quais alimentos são mais energéticos, quais aumentam a atenção durante determinado período do dia etc.

Muitos alunos descartam essa dica pelo fato de a alimentação possuir um efeito implícito em nosso corpo, ou seja, não é aparente ou perceptível no exato momento em que se está comendo. Porém, muitas vezes o problema em manter o foco, energia, concentração e retenção de informação ocorre pelo costume de uma alimentação desregrada. 

Simplifique o conteúdo 

Nosso cérebro, por vezes, não retém informações pelo motivo de serem muito complexas.

Por exemplo: quando ouvimos uma música que nos agrada, mesmo após alguns dias, conseguimos lembrar o ritmo e, em alguns casos, até mesmo a letra. Isso ocorre, pois a música não apresenta estruturas muito complexas e um linguajar inacessível. 

Por isso, quando nos deparamos com um conteúdo muito difícil e cheio de palavras técnicas, a primeira coisa que precisamos fazer é simplificá-lo.

A dica é encontrar novas formas de memorizá-lo, como produzindo uma música com todas as informações, criando trocadilhos, desenhando esquemas que facilitem a compreensão, enfim, aqui é necessário deixar a criatividade fluir! 


Gostou das dicas de como aprender mais rápido? E para dar continuidade aos seus estudos, que tal ler o próximo artigo do blog que ensina a montar um cronograma de estudos?

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp