Atualidades 2020: o que aconteceu em março e abril

Acompanhe neste post os principais acontecimentos que ocorreram no Brasil e no mundo em março e abril deste ano.

208
Postado: 19 de novembro, 2020
atualidades 2020 março abril

Continuando a nossa retrospectiva Atualidades 2020, no post de hoje iremos falar sobre os principais eventos que marcaram o mundo, a política e a cultura nos meses de março e abril. Preparado(a)? Vamos lá!

Março 

Impossível falar do mês de março e não falar da pandemia do novo corona vírus. Foi neste mês que o Brasil registrou seus primeiros casos e que a vida de todo mundo virou de cabeça para baixo diante das restrições que o novo cenário trouxe. Escolas e cursinhos fecharam e o ensino à distância (EaD) chegou como solução para os estudantes.

E mais do que isso, a escolha também foi uma questão de senso coletivo, visto a importância da manutenção do isolamento social devido à pandemia. Pensando nisso, falamos um pouco aqui no blog sobre o papel do EaD nesse novo contexto e também demos algumas dicas sobre como manter o foco nos estudos meio à circunstâncias tão complicadas!

Estude online para o Enem e vestibulares 

Agora, voltando a falar de saúde, o novo corona vírus não foi a única doença a chamar atenção nesse primeiro semestre: o Brasil registrou um crescimento nos casos de sarampo, que é também um vírus. Diferente do primeiro, há formas de prevenir a infecção por sarampo através da vacinação. Então, por que novos casos?

Um dos fatores está no crescimento do movimento antivacina no Brasil, também presente em outros países. O movimento nega a eficácia das vacinas e acompanha certo menosprezo pela ciência. Falamos um pouco mais sobre isso aqui no blog.

atualidades 2020 março abril

Abril

Toda essa conversa nos leva a outro tema: o da importância do conhecimento científico. Sim, ainda precisamos reforçar isso em pleno século XXI. Isso por conta de movimentos como o antivacina, mas também pelo negacionismo científico propagado por chefes de Estado de diferentes países. Neste ano, os dois grandes exemplos foram o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o agora ex-presidente dos EUA, Donald Trump.

Ambos, desde o início da pandemia, ignoraram as prescrições da Organização Mundial de Saúde (OMS), bem como de infectologistas e cientistas sobre os riscos do vírus. Hoje, não por coincidência, o Brasil e os EUA lideram o ranking mundial de mortos pela Covid-19, somando mais de 400 mil vidas perdidas.

Em abril, tratamos da importância da produção científica nacional em nosso blog. Dá uma olhada!

Curtiu o post? Então, fica ligado(a) pois continuaremos nossa retrospectiva nas próximas semanas!