Gêneros Literários no ENEM

509

A forma com que os gêneros literários são cobrados no ENEM é bem sutil. A prova não exige que o candidato nomeie todos os gêneros, mas sim que tenha a maior noção possível do que cada um deles é e quais são suas características. Aristóteles definiu quais são esses gêneros literários em sua obra, A Arte Poética, durante a Antiguidade (335 a.C a 323 a.C), enquanto surgiam as primeiras manifestações culturais ocidentais.

As classificações dos gêneros literários ocorrem de acordo com um conjunto de características que certo estilo de obra literária tem. Os critérios para definir cada uma delas variam entre semântica, sintática, fonologia, contextos e etc.

Existem três categorias básicas de gêneros literários: épico ou narrativo, lírico e dramático. Vamos falar sobre eles:

Épico ou narrativo: nesse gênero literário, há a presença de um narrador responsável por contar uma história em que existem personagens que vivem em determinado tempo e espaço. As seguintes narrativas fazem parte desse gênero: poesia épica, fábula, epopeia, novela, conto, crônica, ensaio e romance.

Lírico: esse gênero possui um tom poético que expressa emoções e sentimentos com musicalidade entre cada verso. Pronomes e verbos em primeira pessoa são encontrados nesse tipo literário. Os textos que estão nos gêneros literários líricos são:

Elegia – poema lírico de tom terno e triste.

Ode – poema lírico composto de estrofes de versos com medida igual, sempre de tom alegre e entusiástico.

Écloga – poesia bucólica em que pastores dialogam.

Soneto – pequena composição poética composta de 14 versos, com número variável de sílabas, sendo o mais frequente o decassílabo, e cujo último verso (dito chave de ouro) concentra em si a ideia principal do poema ou deve encerrá-lo de maneira a encantar ou surpreender o leitor.

Dramático: Esse gênero literário usa o versos e prosas com a voz de narrativa dos próprios personagens, que contam as histórias por meio de diálogos ou monólogos. Esse gênero, geralmente, é representado em encenações teatrais.

Auto – composição alegórica ou satírica em voga nos séculos XV e XVI, de cunho místico, pedagógico ou moral, que representa e desenvolve os gêneros do teatro medieval europeu.

Comédia – peça teatral de qualquer gênero, aquela cujo propósito é divertir pelo tratamento cômico das situações, dos costumes e dos personagens.

Tragédia – o gênero trágico.

Tragicomédia – obra dramática que contém ao mesmo tempo elementos da tragédia e da comédia.

Farsa – pequena peça cômica popular, de concepção simples e de ação trivial ou burlesca, em que predominam gracejos, situações ridículas etc.

(definições retiradas do dicionário)

 

Vocês depois de dominarem tudo sobre os gêneros literários