Ansiedade para o Enem: 9 dicas para ter controle antes e durante a prova

1474

Está preocupado com o seu desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio? Não se preocupe. É natural sentir ansiedade para o Enem, no entanto, não é saudável permitir que esse sentimento domine você a ponto de comprometer o seu raciocínio, causar lapsos de memória e diminuir sua concentração.

É preciso aprender a controlar o nervosismo antes, durante e depois do Enem para não perder o foco e se prejudicar no exame. Acredite: ao contrário do que alguns estudantes pensam, é totalmente possível superar a ansiedade e fazer uma ótima prova. Quer saber como? Confira as nossas dicas!

1. Esteja pronto para a prova

Essa dica pode parecer óbvia, mas está longe de ser a mais fácil a seguir. Entretanto, tenha em mente que quanto mais preparado você estiver, menos ansioso se sentirá e melhor será seu rendimento no exame.

O Enem é uma prova longa, cansativa e que aborda muitos temas, ou seja, é preciso tempo suficiente estudar e revisar todos os conteúdos — por esse motivo é fundamental se preparar com antecedência. Não deixe para estudar na véspera do exame, pois isso só servirá para gerar ainda mais ansiedade.

2. Confie no seu esforço e nos estudos

É essencial manter uma postura confiante durante o preparo e a execução da prova. Portanto, evite pensamentos negativos e jamais considere que você não é inteligente suficiente para compreender qualquer conceito. Seja paciente, não desista do que não entendeu rapidamente e confie no seu esforço.

Na hora da prova não adianta se desesperar. Encare o exame como uma oportunidade de crescimento, cujo objetivo será expressar o quanto você estudou, aperfeiçoar determinados assuntos e aprender mais.

3. Cuide de si mesmo

Além de estimular o cérebro, melhorando a memória e o raciocínio, praticar exercícios físicos, especialmente nos dias que antecedem a prova do Enem, é um hábito que pode ajudar a reduzir o estresse e a ansiedade.

Manter uma alimentação balanceada é outro fator que merece sua atenção, afinal, consumir alimentos pesados no dia anterior à prova, por exemplo, pode não ser uma boa ideia. Por outro lado, sentir fome durante o exame é algo que deve ser evitado — uma sugestão é levar uma garrafa de água e um lanche.

Ter um sono de qualidade na noite anterior ao Enem também é de suma importância para combater o estresse e a ansiedade. Pense bem: seria terrível responder tantas questões estando cansado, certo? Além disso, é sempre bom lembrar que a falta de descanso prejudica a nossa memória.

4. Planeje o trajeto

Todo ano nos deparamos com inúmeras notícias de estudantes que ficam de fora do Enem por chegarem atrasados ao local do exame. Muitos desses casos não ocorrem por irresponsabilidade, mas por falta de familiaridade com a situação a ser enfrentada, o que gera ansiedade e imprevistos.

Sendo assim, o ideal é visitar o local da prova antes da data prevista, especialmente se você não conhecer o endereço, e traçar um plano. Veja algumas dicas para o trajeto não ser mais um motivo de ansiedade:

  • defina o modo de locomoção com antecedência — trem, metrô, carro, ônibus etc;
  • veja quanto tempo leva para chegar ao destino e calcule a rota;
  • saiba que horas precisará sair de casa para não se atrasar (considere o trânsito);
  • convide um amigo que fará a prova no mesmo local para ir com você.

5. Evite pensar nos concorrentes

Muitos estudantes são dominados pela ansiedade ao verem os concorrentes entregando o caderno de questões. Nesses momentos, muitos até começam a responder os exercícios com mais agilidade e menos atenção, o que pode prejudicar o desempenho.

Entenda, porém, que o Enem não é uma corrida e que não tem como saber se a pessoa que está ao seu lado terá uma nota melhor que a sua. Pensar sobre essas coisas deixará você ainda mais ansioso e dificultará a concentração no que importa: a prova.

6. Deixe as questões mais difíceis para o fim

Essa é uma dica que todo mundo, praticamente, já ouviu, mas, mesmo assim, existem pessoas que teimam em não segui-la. O gerenciamento do tempo é crucial para controlar a ansiedade e assegurar um bom resultado na prova, por isso não pense duas vezes: garanta as respostas das questões mais fáceis para não ser pego de surpresa no final do exame.

Além disso, ficar pensando muito, logo no início, em apenas uma pergunta fará você se estressar, o que poderá prejudicar a resolução de exercícios mais simples. Isso acontece porque a ansiedade atrapalha o nosso julgamento em momentos de tensão.

7. Respire lentamente

Apesar de acontecer de forma involuntária, a respiração pode ser controlada e ajudar a controlar a ansiedade. Inclusive, praticantes de yoga e meditação utilizam essa técnica para acalmar os turbilhões da mente.

Você pode tirar 10 minutos antes da prova para exercitar a respiração e se tranquilizar. Uma sugestão é inspirar lentamente e expirar o dobro do tempo. Concentrar-se nessa simples atividade é uma ótima forma de esvaziar a mente.

Contudo, se durante o exame o nervosismo aparecer, pare um tempo e simplesmente respire. Aceite que não vai adiantar forçar o cérebro nessas horas, pois é acalmando os pensamentos que você conseguirá um rendimento melhor na prova.

8. Saia da sala se precisar

Durante a prova, você pode sair da sala quantas vezes precisar e não deve ter vergonha disso. Compreender os seus limites e ir rapidamente ao banheiro para lavar o rosto, fazer um exercício de respiração e se acalmar pode ser decisivo para conseguir uma boa nota no Enem.

É preciso estar atento aos sinais de tensão que o nosso corpo dá. Sabe aquela veia saltando perto do olho? A dor nos ombros? A perna tremendo involuntariamente? Tudo isso indica que você está mais ansioso do que deveria, portanto, tente relaxar para o nervosismo não crescer.

9. Entenda o que deu certo e o que não deu

O exame do Enem é uma oportunidade para se desenvolver ainda mais, certo? Sendo assim, não se julgue pelo conteúdo que não conseguiu assimilar totalmente. Após a prova, faça uma lista do que funcionou e do que não deu certo para aprender com seus erros e melhorar ainda mais para o caso de uma próxima vez.

Sabemos que essa época do ano é um momento de muitas emoções e desafios para o estudante. Por isso, parabéns por sua coragem! Confie nos seus conhecimentos e saiba que você é capaz de controlar a ansiedade para o Enem.

Este post foi bom para você de alguma forma? Agora, o que acha de compartilhá-lo nas suas redes sociais para ajudar seus amigos também?