4 exercícios que fortalecem sua atenção nos estudos

2656

Se tem uma coisa que vestibulando precisa ter é essa tal de atenção nos estudos! Nós já falamos aqui no blog sobre como não cair na distração das redes sociais, o que é muito difícil, mas não é impossível. Estamos em uma era de distrações, onde há sempre uma chuva de notificações, programas de TV, séries, celulares vibrando, tocando e etc. Não é à toa que a nossa mente fique cada vez mais confusa.

Amishi Jha é professora de Psicologia da Universidade de Miami e diretora de Neurociência Contemplativa. Ela estuda os mecanismos do cérebro e encontrou métodos (exercícios) que podem fortalecer e otimizar nossa habilidade em prestar atenção no que é necessário, que nesse caso, são os estudos. 😉

Nossa atenção é frágil e Amishi Jha encontrou em sua pesquisa a constatação da quantidade de distrações que a nossa mente enfrenta durante um dia. Aproximadamente 50% do nosso cérebro fica vagando durante o período em que estamos acordados, o que prejudica nossa capacidade de prestar a atenção em algo.

E como controlar esses momentos de distração e conseguir focar em algo?

Jha fala do método usado para seu estudos: “o exercício portátil para o cérebro fortalecer a atenção”. Ela testou esse exercício em pessoas que sofriam alta pressão, como atletas e militares, por exemplo. Foi constatado que essas pessoas, que não haviam feito o exercício, tinham atenção diminuída quando estavam sob intenso estresse. Durante a pesquisa, a professora descobriu que seu estudo também é funcional para pessoas que necessitam reduzir a ansiedade, combater a depressão e problemas de memória.

Exercício 1 – Respiração

Sente em um local confortável, em que você possa se manter ereto e foque toda sua atenção na sensação de respirar. Inspire, respire. Foque no movimento do seu abdômen. Faça sessões de 15 minutos por dia. Dica: pense no seu cérebro como um cachorrinho que precisa de treino para agir de acordo com algumas situações!

Exercício 2 – Caminhe

Observe como é e qual é a sensação de andar. Fique descalço e caminhe pela sua casa. Sinta o chão tocando sua pele. Você pode até caminhar em um parque ou pela praia, sentir a grama e a areia também será bom. Se concentre nessa observação. Talvez esse exercício seja mais fácil que o da respiração, mas é bom fazer os dois! 😉

Exercício 3 – Seu corpo todo

Preste atenção nos seus dedos dos pés. Qual é a sensação? Confortável? Anote o que você observar após o exercício anterior. Então, preste atenção em suas pernas. Após isso, seu abdômen. A proposta desse exercício é focar sua atenção em uma coisa de cada vez e no fim das contas, no seu corpo todo. Assim deverá ser quando seu cérebro receber as informações dos seus estudos, por exemplo. Você dividirá em etapas e trabalhará sua concentração para que não haja distrações.

Exercício 4 – Sensações

“Você não processa algo, se você não pensa sobre ele”, diz Jha. Sente novamente em um lugar confortável, mantenha-se ereto e tente se manter perto de qualquer sensação, pensamento ou emoção que apareça naquele momento. Você pode falar em voz alto ou somente pensar nas palavras e sensações. Às vezes você vai se sentir preso naquela sensação ou pensamento e se isso acontecer, volte ao exercício 1 pois você ainda não está treinado o suficiente para lidar com suas distrações.

Todos os exercícios exigem um tempo e um ambiente legal para que eles aconteçam e nós indicamos o prazo e lugar que podem te deixar mais confortável. Jha comenta que as pessoas costumam seguir seus exercícios 15 minutos por dia e 5 vezes na semana durante 4 semanas. Esse tempo fica a seu critério, mas não esqueça de levar a sério esse momento!

Conheça a Técnica de Pomodoro que pode te ajudar a render mais seus estudos!

Bons estudos!