Dicas de Estudos: Você conhece a Técnica Pomodoro?

9797


Criada em 1980 por Francesco Cirillo, a Técnica Pomodoro é uma das práticas mais conhecidas para a organização de tempo. Esta técnica consiste em uma filosofia sistemática capaz de proporcionar ao praticante a maximização de foco e criatividade, permitindo completar atividades de forma mais rápida e com menos procrastinação mental.

O processo é simples, para cada tarefa que você tem que fazer no seu dia, você irá dividir seu tempo em pequenos períodos e realizar pausas periódicas entre eles. Funcionando da seguinte forma: Você fica em atividade durante 25 minutos e, então, realiza uma pausa de 5 minutos.

Cada período de 25 minutos é chamado de “pomodoro”, que significa tomate em italiano. Francesco Cirillo utilizava um relógio de cozinha em formato de tomate como seu relógio pessoal, por isso o nome da técnica se deu desta forma.

shutterstock_447318112

Depois de realizar quatro “pomodoros” de atividades (100 minutos de atividade com 15 minutos para pausas), você deve então realizar uma pausa mais longa para descanso, de 15 a 20 minutos desta vez.

Toda vez que você terminar um pomodoro, marque seu progresso com um “X”. Além disso, anote o número de vezes que você tentou procrastinar ou desviou sua atenção dentro de cada período de 25 minutos.

Como isto pode te ajudar?

Pausas frequentes podem ser muito úteis para manter sua mente fresca e focada. Se você tiver uma lista longa de coisas para fazer, usando a Técnica Pomodoro você poderá terminar suas tarefas mais rapidamente, principalmente por estar induzido a completar uma atividade em determinado período de tempo.

Observar o tempo correndo poderá estimula-lo a finalizar a sua tarefa com mais rapidez, e ao termina-las antes de um ciclo completo de pomodoros, você poderá ter mais motivação e evitar frustrações com suas metas. Planejar o tempo de suas atividades irá fazer com que você se torne mais responsável por suas tarefas, evitando a tão temida procrastinação.

Resumindo a técnica pomodoro:

  • Faça uma lista das tarefas do dia;
  • Programe um cronômetro para 25 minutos;
  • Escolha uma tarefa e trabalhe nela durante este período de tempo, sem interrupções;
  • Quando o despertador tocar, faça uma pausa de 5 minutos para descansar;
  • Risque a tarefa de sua lista depois de finaliza-la;
  • Retome à atividade depois da pausa para mais um “pomodoro” (25 minutos);
  • A cada 4 pomodoros, faça uma pausa mais prolongada: 15 a 20 minutos até voltar ao trabalho.

O resultado da técnica

Essa técnica pode fazer parte da sua rotina para sempre. Seja no vestibular, faculdade, pós graduação, mestrado e por aí vai… O resultado disso tudo será que:

As interrupções e distrações não acontecerão mais: você vai conseguir ficar mais de 25 minutos sem responder alguém ou checar uma rede social.

Seu tempo de estudos será mais valorizado: começando com um “pomodoro”, ou seja, um ciclo de 25 minutos, a tendência é que os próximos ciclos ocorram de forma tranquila e natural. Não haverá mais procrastinação, acredite! 😉

A técnica se tornará mais efetiva: uma forma de fazer seus estudos renderem mais é revisar. Seja na técnica de Pomodoro ou em qualquer outra. Nós falamos muito isso nas dias de estudos daqui do blog. Então, antes de começar um novo ciclo, comece os primeiros minutos revisando o conteúdo estudado no ciclo anterior. Revisão é tudo!

Você aprenderá a fazer listas e cumpri-las: Faça listas que possam organizar o seu tempo em meio a um ciclo da técnica. Pense no que pode ser feito e bem aproveitado durante um período e se organize para que isso aconteça. No final, haverá mais conteúdos estudados e menos conteúdos para estudar.

Defina seu objetivo! Com força de vontade, não há nada que não possa ser feito. Utilize a técnica da melhor forma possível para que seu objetivo seja realmente alcançado. Fechou? #VemAprovação