Wall-E e a questão do lixo

616
Wall-E

O filme Wall-E da Pixar, lançado em 2008, trata de questões que mesmo depois de mais de 10 anos continuam sendo problemáticas para a sociedade. É também um filme extremamente conteudista, seja da perspectiva da Biologia, como também da Geografia, História, Sociologia e pode ser abordado em redações.

A animação se passa no ano 2700 e tem como cenário um planeta Terra inabitável, que foi completamente destruído pelos impactos ambientais causados pelo lixo, decorrente de uma sociedade exageradamente consumista e que descarta mais do que utiliza. Além da temática principal sobre poluição, Wall-E aborda também críticas ao excesso de tecnologia, ao consumismo, ao sedentarismo e à obesidade. 

Vamos então analisar o filme sob o ponto de vista da Biologia, qgniano/qgniana? A narrativa, mesmo contendo mais de uma problemática, tem como foco e principal questão a poluição causada pela lixo.

E qual o significado de “poluição”? É um desequilíbrio ambiental causado por ação antrópica (ação do homem) em determinado ecossistema. Todo e/ou qualquer desequilíbrio que ocasione na alteração dos fatores químicos, físicos e biológicos de um ambiente é considerado poluição. 

Tipos de poluição:

  • Atmosférica: pode ser causada pela queima de combustível fóssil  (gasolina, carvão, óleo diesel, gás natural), que produz dióxido de carbono (CO2) ou pelo metano (CH4) que tem origem ou do lixo ou de ruminantes (gado bovino, etc). Tem consequências como o aquecimento global e chuva ácida. 
  • Hídrica: pode ser causada por descarte de resíduos/lixo em rio, mares, lagos, etc; pela contaminação dos lençóis freáticos nos aterros sanitários, derramamento de petróleo, rejeitos de aterros industriais, despejo de esgoto sem tratamento, entre outros motivos. Tem consequências como a eutrofização, bioacumulação (conceitos importantes para o ENEM) e o assoreamento.
  • Solo: pode ser causada pelo descarte e acúmulo de lixo e produtos químicos, como fertilizantes, pesticidas e herbicidas. Tem consequências como alteração de ciclos bioquímicos e doenças. 

Notou alguma semelhança entre as causas acima? Isso mesmo: o lixo. Ele é capaz de poluir a tríade: ar, água e solo. E é exatamente o que o filme aborda, como o lixo foi capaz de acabar com o planeta Terra e fazer com que os humanos fossem morar em uma estação espacial ao invés de tentar mudar seus hábitos e lutar pelo local onde viviam. 

– O lixo acumulado produz um líquido tóxico chamado chorume, que é capaz de contaminar não só o solo, como lençóis freáticos também. 

Outras problemáticas do filme: 

A tecnologia em excesso faz com que os humanos não se comuniquem mais sem ser cara a cara, param de exercer leituras e todas suas atividades são terceirizadas por meio de robôs. Além de virarem completamente sedentários, o que acarreta na obesidade (que pode levar a doenças como hipertensão e diabetes mellitus tipo 2) e ossos atrofiados. 

Símbolo de salvação do filme: 

Wall-E, que é um dos robôs enviado pelos humanos para compactar e limpar o lixo da Terra, é o único que sobrevive juntamente a uma barata (artrópodes são capazes de sobreviver em condições ambientais desfavoráveis). Depois de 700 anos, encontram uma muda de planta, o símbolo que a Terra poderia voltar a ser habitada. O motivo disso é simples: plantas são seres autotróficos que fazem um processo denominado fotossíntese, que precisa de água (que é um símbolo de vida) e libera oxigênio (O2) que é o ar que respiramos. 

Dessa forma, a partir daquela planta, poderia ser feita uma sucessão ecológica secundária –pode ser primária ou secundária: primária quando ocorre em um ambiente estéril, nunca antes habitado; e secundária quando ocorre em um ambiente que já foi habitado– e o planeta conseguiria se tornar um abrigo para os humanos novamente. E dessa vez, os humanos deveriam cuidar do planeta por meio de ações como a reciclagem, compostagem e coleta seletiva

Viram como esse filme é importante? Vestibulandos também podem estudar vendo desenhos animados galerinha. Continue acompanhando nossas dicas e conheça nossos cursos clicando aqui!