Repertório sociocultural: pensadores antigos

Conheça alguns pensadores da Antiguidade e expanda seu repertório sociocultural para a redação do ENEM

1895
Postado: 14 de maio, 2020
pensadores

A Antiguidade foi um período histórico de grandes contribuições, seja no âmbito literário, filosófico, político ou educacional. Foi a partir dela que diversos conceitos do Ocidente foram enraizados, e se tornaram reflexos aperfeiçoados da Grécia Antiga. Nesse sentido, entendendo a grande importância que esse período histórico teve, o QG preparou pra você uma matéria com alguns pensadores da Antiguidade, para aumentar seu repertório sociocultural. Confira!  

HOMERO 

É fato que não podemos falar de Grécia Antiga sem falarmos em Homero, né? Homero foi um poeta grego responsável pelos poemas épicos a Ilíada e a Odisseia, que narram respectivamente, a história de Aquiles e a Guerra de Troia, e as aventuras do herói Odisseu, durante sua volta à terra natal. Nesse sentido, vale destacar que as obras de Homero foram de grande importância à educação grega, isso porque se caracterizavam por apresentar modelos heroicos a serem seguidos. Isto é, os heróis de Homero possuíam virtudes como prudência, coragem e austeridade, qualidades essenciais para o desenvolvimento cidadão do grego. Assim, a pedagogia desenvolvida na Grécia unia aprendizados morais, retóricos e gramáticos, pensando em uma formação reflexiva e cidadã e não técnica e laboral.   

pensadores

SAFO DE LESBOS  

Pouco se é falado de mulheres poetisas e pensadoras na Antiguidade, o que durante muito tempo nos fez crer que mulheres simplesmente não produziam conhecimento nesse período. No entanto, não é bem assim! Safo foi uma poetisa grega de grande estima na Antiguidade, sendo homenageada até mesmo em poemas de Catulo. Suas produções exploravam temas como amor, sexualidade e gênero, e segundo estudos, eram direcionados a mulheres e meninas que passavam por ritos femininos como casamento, parto e puberdade. Dessa forma, Safo foi uma mulher à frente do seu tempo, que deixou um vasto legado, principalmente sobre a configuração de amor e desejo que temos hoje em dia.  

PLATÃO  

Platão certamente é um dos pensadores mais conhecidos e um dos mais célebres dessa área do conhecimento. Uma de suas teorias mais famosas é a metafísica dualística, que divide o mundo em duas partes: o mundo sensível e o inteligível, sendo o sensível uma realidade ilusória das experiências que vivemos, e o inteligível o mundo da realidade intelectual e verdadeira. Para expressar melhor isso, Platão elaborou a alegoria da Caverna, que até hoje é uma ótima forma de abordar diversos temas, principalmente no meio cinematográfico.  

PÍNDARO 

Também conhecido como poeta dos jogos, Píndaro foi um poeta grego nascido em 518 a.C na cidade de Cinoscéfalos. Suas obras eram caracterizadas por exaltarem o heroísmo dos atletas vencedores das Olimpíadas. Dessa forma, a partir das suas odes, Píndaro homenageava e eternalizava a vitória dos atletas na história da Grécia, mostrando assim, a importância do esporte e da saúde corporal e mental.  

Por fim, podemos citar ainda as contribuições de pensadores como Tales de Mileto e Pitágoras, que também colaboraram para o desenvolvimento de outras áreas do conhecimento, como a matemática e a astronomia. Utilizar esses pensadores em uma redação mobilizando-os junto ao tema, pode tornar seu repertório riquíssimo!

Gostou das dicas? Continue acompanhando o Blog do QG, clicando aqui!