Redação ENEM: o que representa a cidade?

855

Ano após ano, o tema cidades sempre é cogitado a ser cobrado pela redação do ENEM. Até 2017, poucas foram as menções ao termo urbanização, mobilidade urbana, direito à cidade etc. Com isso em mente, decidimos dar uma ajudinha e escrever algumas teorizações sobre o que representa a instituição cidade hoje em dia, para dar uma base ao vestibulando caso o ENEM cobre algo relacionado, seja na prova de redação, seja nas interpretações de questões do Exame.

Primeiramente, devemos entender que em seu surgimento, no final da Idade Média, a cidade representava um espaço de liberdade, como um local alternativo à toda aquela dominação feudal. Por mais que a higiene e a beleza estética das cidades fossem precárias, sua função era a de acolher aqueles que tentavam ganhar a vida pelo comércio.

No entanto, com o passar dos tempos e a transformação da cidade medieval em uma cidade inserida na lógica capitalista, esse seu espectro de liberdade começou a ser cerceado por novas noções sociais, como por exemplo: gênero, classe social, etnia etc. Aquele espaço de liberdade começou a se afastar dessa característica ao ser inserida em uma lógica de lucro.

Hoje, a cidade vive essa contradição polêmica: para uns ainda representa um espaço de liberdade e novas experiências diversificadas e para outros um local de opressão e exclusão social, aprofundando preconceitos e paradigmas contemporâneos. Além disso, em um mundo cada vez mais urbano, a cidade também é um local de inovação, já que os principais avanços tecnológicos utilizam-se dela como local de experiência.

A principal problemática hoje se encontra na construção de barreiras no espaço urbano. Primeiramente porque é complicado você se adequar ao espaço urbano – evidenciado na criação de favelas. Segundo, as barreiras internas de uma cidade, como por exemplo localidades violentas que não são acessadas, acabam limitando o direito que os próprios cidadãos deveriam possuir. As barreiras externas e internas tornam a liberdade que representa o meio urbano como algo questionável.

Caso o ENEM cobre, é importante ter em mente essa ideia do paradoxo citadino. Dentro de uma prova, busque entender se o texto está tratando a imagem da cidade como algo positivo ou negativo e guie-se assim para as alternativas. Já na redação, é importante o vestibulando assumir uma posição e defendê-la com argumentos explícitos de uma dissertação-argumentativa.

COMPARTILHE
Artigo anteriorAquecimento para o ENEM 2018
Próximo artigoO que levar para o ENEM 2018
Graduando em História na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É mais ligado à área de humanas e atua hoje como monitor de História no QG do ENEM e estagiário em Atendimento. Além de ser apaixonado por cinema, ama Mitologia e sua meta de vida é viajar pelo mundo.