2ª Redação Março – A leitura Como Agente Sócio-transformador

A leitura como agente sócio-transformador: treine para a redação do Enem junto com o QG.

2697

A partir dos seus conhecimentos e sobre os textos a seguir, escreva um texto dissertativo-argumentativo, com 25 a 30 linhas, sobre o tema:

A leitura como agente sócio-transformador.

Deixe claro o seu ponto de vista, por meio de argumentos coerentes e com embasamentos teóricos.

TEXTO 1

Uma das tarefas comuns da ciência é desvendar a complexidade por trás de atividades aparentemente simples. O matemático e neurocientista francês Stanislas Dehaene dedica-se a decifrar as mudanças cerebrais causadas pelo ato de ler. Para ele, a leitura moldou o cérebro humano e preparou-o para assimilar habilidades impossíveis de ser aprendidas por iletrados. Em seu livro Os neurônios da leitura (Editora Penso, R$ 71), ele afirma que o conhecimento do impacto da leitura no cérebro pode melhorar métodos de alfabetização para crianças e dá exemplos de como esse conhecimento tem auxiliado pessoas com dislexia. E mais: Dehaene diz que a pedagogia do construtivismo, altamente disseminada no Brasil, pode ser ineficaz para o ensino da leitura.

http://revistaepoca.globo.com/ideias/noticia/2012/08/stanislas-dehaene-neurociencia-deve-ir-para-sala-de-aula.html

TEXTO 2

leitura

TEXTO 3

Catarse é um termo de origem filosófica com o significado de limpeza ou purificação pessoal. Para Aristóteles, o teatro tinha para o ser humano a capacidade de libertação, pois quando via as paixões representadas, conseguia se libertar delas. Essa purgação ou purificação tinha o nome de catarse, que era provocada no público durante e após a representação de uma tragédia grega. A catarse era o estado de purificação da alma experimentada pela plateia por meio das diversas emoções transmitidas no drama. E é uma experiência que só se pode ter com a leitura, e é um processo de indentificação.

Adaptação de: http://www.significados.com.br/catarse/

TEXTO 4

Projeto Bibliotecas Itinerantes

Desde que começamos O Brasil Com S, reler e buscar novos livros sobre cultura e arte brasileira passou a fazer parte de nossa rotina de pesquisa. Naturalmente, começamos a ganhar e comprar alguns títulos. Recentemente, ganhamos um crédito em livros após a entrega de um projeto para um cliente da área de cultura e, então, decidimos montar esta biblioteca.

Não fazia sentido que os livros ficassem parados apenas em nossas casas. Como tudo que fazemos no O Brasil Com S é para estimular o autoconhecimento do Brasil, veio a necessidade de compartilhar também esses títulos com outras pessoas. A ideia da Biblioteca Itinerante é disponibilizar os livros para consulta em algum espaço físico de São Paulo inicialmente; um lugar que tenha o espírito O Brasil Com S e onde circulem pessoas que se interessam por conhecer um pouco mais sobre esses autores e seus pensamentos.

Nosso objetivo é migrar a Biblioteca Itinerante por cafés, locais de trabalho compartilhados, espaços culturais, escolas e galerias de arte em São Paulo, primeiramente. Nossa vontade é que a Biblioteca Itinerante do O Brasil Com S receba o apoio de alguma instituição que se preocupe com educação e valorize a cultura brasileira.

Adaptação de: http://www.obrasilcoms.com.br/biblioteca-itinerante/