Os povos indígenas e sua importância na História do Brasil

4196

O dia Internacional dos Povos Indígenas é celebrado todo 9 de agosto, por isso, resolvemos relembrar a importância dos índios, principalmente no período da Colonização do Brasil, e conhecer um pouco mais sobre essa cultura que habitavam nossas terras.

Colonização e os índios

Os indígenas sofreram uma espécie de opressão quando os portugueses chegaram ao Brasil e impuseram novos costumes. Como exemplo, podemos citar as missões jesuítas que impunham um novo tipo de religião (cristianismo) para os índios que eram forçados a abandonar os traços de sua cultura. A colonização foi considerada uma espécie de dominação de território, uma vez que os indígenas perderam total autoridade de suas terras.

Índios no Brasil

Os índios brasileiros tinham suas tribos denominadas através da língua que falavam. São eles: tupi guarani (litoral), macro-jê ou tapuias (região do planalto Central), aruak ou aruaques (Amazônia) e karib (Amazônia).

Tupis guaranis foram os que receberam os portugueses em terras brasileiras. Eram bons natupi guaranicaça, pesca e colheita.

Os tapuias tiveram seu primeiro contato com os europeus no século XVII, após a exploração da região central do país e viviam próximos de rios e córregos. Também sobreviviam através da caça e da coleta de frutos e raízes.

Os aruaques tinham o artesanato cerâmico como a atividade principal da tribo. Viviam na região amazônica e próximo da Ilha de Marajó, no Pará.

Os karib tinham como uma de suas principais tribos os vaimiri, que eram antropofágicos (vem do grego anthropos, “homem” e phagein, “comer”). Eles acreditavam que ganhavam força, inteligência e viralidade se alimentando da carne (humana) de seus inimigos. 

Os períodos históricos citados acima, como: Descobrimento do Brasil e Colonização, estão entre os assuntos que mais caem no ENEM na prova de Ciências Humanas, você sabia?

Quer se aprofundar em Humanas? Conheça o curso Completo ENEM+ Foca nas Humanas 🙂