Mas e a vontade de desistir?

382

O caminho até a tão sonhada aprovação é longo e, por ele, diversos sentimentos desmotivantes vão aparecendo adjuntos ao cansaço. Quanto mais vamos nos aproximando do meio do ano, esses pensamentos para baixo vão se tornando mais frequentes, mas não se preocupe. O QG está aqui para te ajudar! Mas e a vontade de desistir? Tem dicas?

Reforce o tempo de lazer

Desde o início do ano, vivemos ressaltando a importância de reservar um momento de descanso na rotina de estudos, até mesmo para repousar o cérebro. Essa tática visa aumentar a eficiência cognitiva durante os estudos. Em casos de cansaço extremo, vale a pena aumentar um pouco esse tempinho reservado para lazer. Não se sinta culpado. Aliás, do que adianta forçar algo que não está funcionando? Ás vezes, vale mais dar um passo para trás, ganhando impulso.

Esteja com pessoas queridas

Uma dica muito valiosa para quem não se vê animado a nada é aumentar o contato com pessoas que você gosta. Normalmente, elas levantarão seu animo e podem te dar um maior gás na rotina corrida. Não é bobeira essa dica: teste e veja como funciona.

Mude seu local de estudo

Às vezes, esses pequenos movimentos para se sair da mesmice de sempre valem muiiiito a pena. Se você sempre estuda no seu quarto, mude para a sala ou para alguma biblioteca pública perto de sua casa. O local influencia muito na sua eficácia nos estudos.

Estude em grupo

“Ah, mas eu não consigo!”. Não tem problema. Não precisa estuda sempre em grupo, mas reserve duas horinhas por semana para debater os assuntos com amigos pois eles podem dar uma nova cara aos seus estudos.

Fuja da rotina

Essa é a dica síntese! Em casos de desânimo e aquele sentimento de mesmice, é muito importante que você fuja da rotina e diversifique um pouco mais as suas técnicas de estudo e de lazer. Resumindo tudo: mude!

Gostou das dicas? Venha conferir a preparação completa!