Linguagens: O Modernismo e as Variações Linguísticas

615

No Exame Nacional do Ensino Médio não há distinção entre a prova de Literatura e Língua Portuguesa, os conteúdos são misturados na prova de Linguagens. O candidato se depara com diversos tipos de questões que envolvem conteúdos literários misturados com perguntas de Português. Isso aumenta ainda mais a importância de um bom conhecimento interdisciplinar. Por isso, resolvemos fazer um post que fala um pouco de matérias de Literatura e Língua Portuguesa que se comunicam.

Os movimentos modernistas são divididos em diversas frentes. O movimento Pau-Brasil, criado por Oswald de Andrade, tinha como ideal redescobrir e revalorizar a cultura primitiva brasileira. A ideia era criar uma poesia de exportação, por isso o nome Pau-Brasil, primeiro produto brasileiro exportado. Já o movimento Verde e Amarelo buscava se descobrir livre da influência das artes europeias. O movimento Antropofágico tinha como objetivo “devorar” a cultura estrangeira e, a partir daí, criar a nossa própria arte. O movimento espiritualista é diferente dos outros movimentos e se volta ao interior do ser humano, à religião, busca conciliar o passado e o futuro. Por fim, o movimento Corrente Regionalista valoriza a cultura regional, principalmente a nordestina.

O modernismo tem tudo a ver com as variações linguísticas, pois estas significam: as variações que a língua apresenta, de acordo com as condições sociais, geográficas, etárias e históricas em que é utilizada. O Neologismo faz parte das variações, pois significa que a língua sofre diversas adaptações ao longo do tempo. Além disso, não podemos deixar de lado o Estrangeirismo ou Empréstimos Linguísticos, o mundo globalizado traz diversas influências culturais e, assim, acabamos nos apropriando de palavras estrangeiras e incorporando à nossa língua.

A primeira fase do modernismo prega, entre outros conceitos, a liberdade linguística, com incorporação da linguagem coloquial e o anarquismo. Mario de Andrade, por exemplo, teve a preocupação de usar uma linguagem que fosse o reflexo da cultura popular. Parayoutube_2208 entender ainda mais sobre como esses assuntos se relacionam, assista a aula do dia 22 de agosto, Às 20 horas. O professor Marco Laurindo, de Literatura, e Priscila Gomes, de Língua Portuguesa, darão uma hora de aula sobre: O Modernismo Brasileiro e as Variações Linguísticas. Para assistir, acesse: aluno.enem.com.br

Para receber um lembrete antes da aula, cadastre-se em: confirmacao.enem.com.br