Física para o Enem: O que saber sobre hidrostática?

1790

Você sabia que hidrostática é um dos assuntos mais recorrentes no Enem? A hidrostática é a parte da Física que estuda os fluídos, tanto sólidos e gasosos, em seu estado de repouso. Veja quais são os principais tópicos neste assunto:

Fluido: Os fluídos são nada mais, nada menos, que substâncias que possuem a capacidade de escoar com grande facilidade. Ou seja, quando um fluido é submetido a uma força tangencial ou colocado em um recipiente qualquer, ele irá adquirir o seu formato.

Resultado de imagem para fluidos

Podemos considerar fluídos, os líquidos e gases. As mecânicas dos fluídos podem ser divididas em duas partes: fluido estática, que estuda os fluídos que estão em repouso; fluido dinâmica, que estuda os fluidos que estão em movimentos.

Pressão: Quando observamos um prego com uma ponta bem fina sendo martelado na parede, também observamos aplicação de uma força. O prego só consegue ser penetrado na parede pois, ao martelarmos, aplicamos uma força que provoca uma pressão diretamente proporcional a esta força, e inversamente proporcional a área de aplicação. Neste caso, quanto mais fino for a ponta do prego, maior será a pressão aplicada.

Resultado de imagem para martelo e prego

A pressão é o resultado da divisão entre a intensidade da força F aplicada e a área S em que esta força está sendo distribuída.

Densidade: A densidade existe para examinar a quantidade de matéria presente em uma determinada unidade de volume. Esta grandeza é calculada através da relação da massa de um corpo com o seu volume. De acordo com a equação abaixo:

Empuxo: O empuxo representa a força resultando exercida pelo fluido sobre um corpo. Quando entrarmos na piscina, nos sentimos mais leves e boiamos pois há uma força de empuxo atuando sobre nós, se opondo a força peso que seria responsável por nos afundar.

Resultado de imagem para empuxo

De acordo com o princípio de Arquimedes, podemos calcular a força de empuxo da seguinte forma:

Onde:
E = empuxo
d = densidade do líquido
V = volume do líquido
g = aceleração da gravidade local

Princípio de Stevin: Para descobrirmos a diferença de pressão entre dois pontos no interior de um único líquido em repouso, devemos achar o produto entre a densidade do fluido, a aceleração da gravidade e a diferença entre as profundidades dos pontos. Dessa forma, o princípio de Stevin é representado pela seguinte expressão:

Onde:
Δp = diferença de pressão
d = densidade em repouso
g = aceleração da gravidade
Δh = diferença de profundidade

Princípio de Pascal: De acordo com o princípio de Pascal, a variação de pressão aplicada a um fluido contido em um recipiente fechado se transmite, igualmente, em todos os pontos deste fluido.

Onde:
F = intensidade da força
S = área em que se distribui a força

Curtiu?! Dá uma conferida no nosso curso de Física! Clique aqui!