Ficar sentado é ruim?

867

QGnianos, a gente sabe que vida de vestibulando não é fácil. Manter seu corpo ativo é mais difícil do que parece, já que a maior parte do tempo você precisa ficar sentado numa mesa lendo resumos, assistindo aulas, fazendo simulados, etc. Por exemplo, provavelmente, você está sentado enquanto lê essa matéria. Ficar sentado por alguns minutos enquanto lê um texto é ok. Porém, quanto mais tempo sentado, mais agitado seu corpo fica. Acredite se quiser, ele fica contando os minutos para o momento que você vai se levantar. “Como assim? Mas meu corpo tá sempre cansado.” Por mais que soe estranho, nós só falamos verdades.

É verdade que ficar sentado por alguns minutos ajuda a recuperar de estresse ou de atividades físicas. A questão é que, hoje em dia, nossa rotina nos mantém muito mais tempo sentados do que nos movimentando. O problema é: nossos corpos não foram programados para uma vida sedentária. Pelo contrário.

O Corpo Humano

O corpo humano foi feito para se mexer, é só ver a estrutura dele. Dentro de um corpo há mais de 360 juntas e por volta de 700 músculos que permitem movimentos fáceis e fluidos. A nossa estrutura física possibilita que uma pessoa fique em pé de forma reta contra a força da gravidade. Nosso sangue depende da nossa movimentação para que a circulação funcione normalmente. As células nervosas se beneficiam dos movimentos, além disso, a nossa pele é elástica, moldando todos os nossos movimentos. Ou seja, cada pedacinho do nosso corpo está pronto e esperando que a gente se mexa. O que acontece quando a gente não se levanta?

A coluna é uma estrutura longa feita discos cartilaginosos entre os ossos. Junto a eles, músculos e ligamentos estão anexados. A forma mais comum de se sentar é com as costas curvadas e os ombros inclinados.  Essa posição coloca uma pressão desequilibrada na nossa coluna. Com o tempo, isso causa desgaste e rompimento dos discos da nossa espinha; sobrecarrega juntas e ligamentos; e coloca tensão em músculos que se esticam para acomodar a posição curvada das costas.

Esta posição curvada também comprime as cavidades do peitoral, diminuindo o espaço para os pulmões se expandirem quando respiramos. Isso limita temporariamente a quantidade de oxigênio que entra nos pulmões e é filtrado para nosso sangue.

Em volta do esqueleto, temos os músculos, nervos, artérias e veias que formam os tecidos do corpo. O ato de sentar, coloca pressão e comprime os tecidos, colocando ainda mais impacto nos mais delicados. Tenho certeza que depois de horas sentado estudando você já sentiu dormência ou inchaço nos seus membros. Nas áreas mais comprimidas, os nervos, artérias e veias acabam sendo bloqueados, o que limita os impulsos nervosos, causando dormência e reduzindo a circulação sanguínea nos membros, gerando inchaço.

Ficar sentado por muito tempo desativa temporariamente as lipoproteínas lípase, que é uma enzima especial nas paredes dos capilares sanguíneos que quebram a gordura no sangue. Logo, quando você está sentado, você não está nem de longe quebrando gorduras do que quando está em movimento.

E qual é o efeito disso tudo em nosso cérebro? Na maior parte do tempo, sentamos quando vamos usar nossa cabeça. Ironicamente, ficar sentado muito tempo vai contra esse objetivo. Isso porque você está diminuindo o fluxo sanguíneo e a quantidade de oxigênio que vai para seu pulmão e posteriormente para o sangue. O cérebro necessita disso para ficar alerta, logo, seu nível de concentração diminui, pois sua atividade cerebral fica mais devagar.

Infelizmente, os efeitos não são só a curto prazo. Ficar sentado por muito tempo pode acarretar em alguns tipos de câncer e problemas cardíacos, pode contribuir para o surgimento de diabetes, e problemas nos rins e no fígado. 9% da população mundial sofre morte prematura graças ao sedentarismo, isso corresponde a 5 milhões de pessoas.

Calma que vai dar tudo certo!

Esta matéria não é só para deixar vocês assustados, também temos a solução, e é mais fácil do que parece! Vida de vestibulando é complicada, tudo requer muitas horas sentado. Quando sentado, tente mudar sua posição para que sua coluna fique reta, quando puder, levante-se, tente dar uma voltinha. Coloque um alarme no seu celular te lembrando para levantar a cada 30 minutos. Vá na cozinha, beba um copo de água, faça um lanchinho, mas tudo de pé! Pessoal, a matéria acabou, que tal dar uma voltinha e mexer um pouco o esqueleto?