Entenda como funciona uma bússola

Entenda quais são os fatores que influenciam o funcionamento de um dos maiores itens de navegação da história

1078
Postado: 28 de julho, 2020
bússola

A bússola é um dos instrumentos mais importantes quando tratamos de localização. Muito usado em períodos de grandes navegações e durante a era dos descobrimentos, o item de navegação serve para orientar alguém ou um grupo a uma direção, tendo em vista que ela é determinada, normalmente, pelos quatro pontos cardeais e colaterais. Logo, como podemos entender o funcionamento da bússola?

O Magnetismo, grosso modo, estuda fenômenos voltados à atração e repulsão em um campo magnético; que por sua vez, cercam um material em correntes elétricas que exercem uma força sobre os materiais. Ao pensar em magnetismo, pensamos sempre nos Imãs, que são objetos que conseguem criar campos magnéticos em sua volta. Além disso, imãs são objetos dipolos, ou seja, contém dois polos que são atraídos, norte e sul.

bússola

Cada bússola é formada por uma cápsula que é preenchida por um óleo. Dentro do componente contém uma agulha magnetizada, que é capaz de captar a atração do polo magnético do planeta, apontando em sua direção. O funcionamento ideal da bússola depende de fatores externos, que podem atrapalhar a precisão na localização; normalmente, objetos que possuem ferro como linhas de alta tensão costumam atrair a agulha da bússola.

Ademais, a bússola e a Terra servem como dois imãs, com seus polos norte e sul, e de acordo com o magnetismo: polos opostos se atraem, polos iguais se repelem. Por conta disso, o imã localizado na agulha da bússola sempre aponta para o norte do planeta. A razão disso é a existência de uma quantidade muito grande de ferro derretido no interior do planeta, gerando um imã “natural” que atraí a agulha.

Por fim, atualmente, existem celulares que contém uma bússola (aplicativo) que funciona através de um magnetrômetro, que reconhece os campos magnéticos ao redor de seu celular, conseguindo guiar o aplicativo a identificar o polo para onde a agulha virtual aponta.

Curtiu as dicas? Acompanhe o Blog do QG do Enem clicando aqui, e não deixe de conferir o Combo Super Enem, onde tratamos sobre assuntos de forma mais aprofundada, com correção de redação e resumão de cada conteúdo estudado. Clique aqui para saber mais!