Dicas de leitura para as férias

Algumas dicas de leitura para você curtir nessas férias

1012
Postado: 23 de dezembro, 2019
livro

Além de ir para a praia, acordar tarde todos os dias e poder sair com os amigos o tempo todo, o período de férias também é um ótimo momento para botar a leitura em dia, né? Pensando nisso, o QG elaborou uma seleção de dicas de livros para você ler nesse tempinho. Confira!  

 

CEM ANOS DE SOLIDÃO  – Gabriel García Márquez 

Para você que não está acostumado com a literatura latina, Cem anos de solidão é uma boa pedida. O livro se passa na aldeia fictícia de Macondo e conta a história da família Buendía, ao longo das gerações. A narrativa é considerada uma metáfora da condição de solidão da América Latina, e é um dos marcos do realismo mágico, sendo repleta de passagens cômicas e fora da realidade. 

  livro

O SOL É PARA TODOS – Harper Lee 

O Sol é para todos foi o único livro escrito pela escritora Harper Lee, mas que lhe concedeu o prêmio Pulitizer de literatura, em 1961. A obra tem como temática a vida no sul dos EUA, na década de 30, em que havia uma grande repressão contra negros e intensa desigualdade racial. Esse contexto, dá origem a história de um advogado em busca da inocência de seu cliente, um homem negro, acusado de estupro. Dessa forma, a narrativa gira ao redor da temática do racismo e de justiça social. Vale a pena dar uma conferida!  

TERRA SONÂMBULA  – Mia Couto 

O primeiro romance do escritor moçambicano Mia Couto, Terra Sonâmbula é considerado um dos 10 melhores livros africanos do século XX, tendo recebido em 2013 o prêmio Camões de literatura. A obra conta a história do menino Muidinga, do velho Tuahir e do falecido Kindzu, em meio a uma guerra civil. Nesse sentido, a história é uma verdadeira busca pela sobrevivência, mas o ar místico produzido por elementos da cultura africana, faz a leitura ser extremamente cativante e enriquecedora.  

 

OLHOS D’ÁGUA – Conceição Evaristo  

Mais uma sugestão para os amantes de contos! Olhos d’água da autora brasileira Conceição Evaristo, reúne 15 contos que botam em evidência a violência urbana, a desigualdade social, racial e de gênero. A sensibilidade da linguagem de Conceição Evaristo, é com certeza um dos elementos que mais chamam atenção, produzindo um ar de empatia, e identificação. Se você está querendo conhecer um pouco mais sobre a literatura feminina e negra, esse livro é uma ótima opção.  

 

O QUE O SOL FAZ COM AS FLORES  – Rupi Kaur 

Os amantes de poesia vão se dar muito bem com essa sugestão! O que o Sol faz com as flores reúne uma série de poesias da escritora indiana Rupi Kaur. Os poemas abordam temas como crescimento, ancestralidade, empoderamento, desilusões e amor, de uma forma bem sincera e tocante, o que faz com que todo mundo se identifique com pelo menos algum verso. 

 

COM AMOR, SIMON  – Becky Albertalli 

Com amor, Simon é uma história que aborda com sensibilidade, as questões sexuais na adolescência, tendo em vista que Simon, é gay, mas não revela para ninguém. No entanto, com o vazamento de prints de conversas suas, sua sexualidade é exposta, nos levando a uma série de discussões a respeito do amadurecimento, padrões sociais e preconceito.  

 

AS INTERMITÊNCIAS DA MORTE  – José Saramago 

Já imaginou se a morte tirasse férias? Ou entrasse em greve? Nessa história bem humorada e sarcástica, o escritor português José Saramago, faz diversas considerações sobre a existência humana, e sobre como as situações de caos, podem nos fazer perder a humanidade. Ótima reflexão e crítica também a sociedade moderna.  

 

FAHRENHEIT 451  – Ray Bradbury 

Com menos de 200 páginas, essa distopia é considerada uma das clássicas da literatura mundial. O livro narra um futuro em que é proibido ler, e ter livros é considerado um crime! É vista por muitos, como uma obra atemporal, pois discorre sobre diversos temas ainda atuais, como controle governamental, o “perigo” do senso crítico e manipulação.  

Enfim, há muitas obras que podem expandir nossa visão de mundo, basta tirar um tempinho para dar uma conferida!

 

COMPARTILHE
Artigo anteriorQuais são as línguas faladas no Brasil?
Próximo artigoEspírito Natalino e Hormônios Biológicos
Avatar
Graduanda em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É apaixonada pela cultura e história da América Latina e sonha em conhecer todo esse continente. Além disso, tem interesse pela área das artes e pela área da comunicação. Seu objetivo de vida é ser professora e fazer diferença na vida das pessoas.