Dia Mundial da Água: 78% dos empregos no mundo dependem de recursos hídricos

Estima-se que apenas 0,77% esteja disponível para o consumo humano em lagos, rios e reservatórios subterrâneos.

2048

O dia mundial da água foi pensado e desenvolvido pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992 e visa à conscientização da população a respeito dessa valiosa substância.

Estima-se que apenas 0,77% esteja disponível para o consumo humano em lagos, rios e reservatórios subterrâneos. Além disso, grande parte das fontes de água (rios, lagos e represas) está sendo contaminada, poluída e degradada.

No Brasil, um dos grandes problemas que envolve o assunto água é a questão da poluição. Para se ter ideia, a bacia do Rio Tietê está interligada com a bacia do Prata e a poluição do rio Tietê já chegou até lá. Mudanças na forma como se lida com a água são necessárias, isto é, em vez de despoluir, é necessário pensar em não poluir. Isso é mais viável até economicamente, pois a despoluição custa caro.

MAPA

 

A poluição das águas do Brasil ainda é agravada pela ausência de saneamento básico, que faz com que mais de 20% dos lares brasileiros lancem seu esgoto em córregos, rios e represas. A poluição causada pelas atividades humanas faz com que a água não esteja própria para o consumo. Além disso, a falta de água adequada e confiável para os setores altamente dependentes de recursos hídricos resulta na perda ou no desaparecimento de empregos.

A edição de 2016 do Relatório Mundial das Nações Unidas para o Desenvolvimento de Recursos Hídricos é produzido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em nome da ONU Água. Com o tema a Água e o Emprego, ele mostra que 78% dos empregos que constituem a força de trabalho mundial são dependentes dos recursos hídricos.

A Unesco estima que 42% do total da força de trabalho mundial, são altamente dependentes dos recursos hídricos. Entre os setores mais atingidos estão a agricultura, indústria, silvicultura, pesca e aquicultura, mineração, o suprimento de água e saneamento. Esta categoria também inclui empregos em áreas como cuidados de saúde, turismo e setores de gestão de ecossistemas.

Também foi estimado que 6% do total da força de trabalho mundial, são moderadamente dependentes dos recursos hídricos. São setores para os quais a água é um componente necessário em suas cadeias de valores, como construção, recreação e transporte.

Como toda a população necessita da água para a sua sobrevivência, a ONU divulgou a Declaração Universal dos Direitos da Água, que é ordenada em dez artigos, tendo como objetivo que todos se esforcem, através da educação e do ensino, em desenvolver o respeito aos direitos e obrigações anunciados e assomam, com medidas progressivas de ordem nacional e internacional, o seu reconhecimento e a sua aplicação efetiva.

Nosso professor de Atualidades, Orlando Stiebler, falou sobre o assunto em uma de suas aulas. Para conferir o curso, clique aqui. Assita ao vídeo: