Dia do Filósofo: Quais são os mais importantes pro ENEM

564

Dia 16 de agosto é o dia do Filósofo, por isso, aproveitamos a data para identificarmos os principais filósofos que são abordados no ENEM. A Filosofia faz parte das disciplinas de Ciências Humanas, uma das áreas de conhecimento abordada no ENEM e outros vestibulares. Ao pensarmos em Filosofia, logo associamos aos seu principais personagens, como Sócrates, Platão e Aristóteles. Por isso, hoje, vamos falar um pouco sobre a Filosofia e também sobre essas personalidades.

A Filosofia Antiga surgiu através da necessidade de explicar de onde veio o mundo em que vivemos e como surgiu tudo: humanos, animais e natureza. Posteriormente, foram questionados o saber, a realidade, o conhecimento, entre outros, sempre ligados aos questionamentos sobre a origem.

diadofilosofo_banner

O Pensamento Mítico foi o primeiro de caráter filosófico do ser humano, onde se acreditava que deuses eram os regentes e criadores de todo o Universo, e que tínhamos uma ligação direta com eles através de rituais religiosos e sacerdotes. Após um certo período, questões sobre como esses deuses eram originados, ou por que não havia provas de que eles estavam presentes em qualquer situação foram levantadas. Despertando assim uma curiosidade e necessidade de comprovação de algo mais físico a partir da physis (daí veio o termo física) que significa natureza em grego. Assim surgiram os primeiros cientistas-filosóficos, onde se encaixam após um certo período, nossa tríade filosófica. Agora vamos falar sobre eles:

Sócrates

Sua característica marcante é a oralidade e por isso, não se tem nenhum texto, fragmento, sequer um pedaço de papel deixado por este filósofo, apenas diálogos feitos por Platão que foi seu discípulo. O método utilizado por Sócrates era a maiêutica, onde ele se considerava um parteiro, mas não de bebês, e sim de ideias. A prática do questionamento, segundo Sócrates, faz com que o indivíduo em questão se questione sobre o que propaga através da fala. Para ele, a maior sabedoria é assumir a ignorância, por isso sua frase mais marcante até a contemporaneidade é: “só sei que nada sei.” 

Platão

Platão é discípulo e, inclusive, o único que trouxe para a história os fragmentos de Sócrates. Algumas vezes, confundi-se o que os dois apresentaram como forma de pensar e agir. Platão fundou a Escola de Atenas e acreditava na Geometria como antecedente para o pensamento filosófico, ou seja, sem saber Geometria, não se pode aprender Filosofia. Em sua obra principal, “A República”, encontra-se consciências filosóficas de acordo com a política e forma de vida do povo ateniense. Dentro dessa obra, encontra-se também o Mito da Caverna, inspirado em Sócrates. Esse ponto é muito importante e algumas vezes exigidos no vestibular, portanto, estude e pesquise sobre o assunto. Ah, e aguarde pois em breve falaremos sobre isso aqui.

Também advindo da Alegoriad a Caverna, Platão desenvolveu a Teoria das Ideias, onde tem-se o Mundo Inteligível (mundo das ideias) e o Mundo Sensível (mundo que vivemos, o “real”). Para ele, a ideia de algo vem antes da consciência real, do que é concreto. O Mundo Inteligível é imortal, portanto não há limitações nem dimensões que possam defini-lo e, assim, Platão o considerava o mais importante.

Aristóteles

Aristóteles foi aluno de Platão, inclusive considerado o melhor de todos, mas ainda assim apresentava posicionamento totalmente adversos de seu professor. O Mundo Sensível era o mais importante para ele, pois, como o homem faz parte dele, ele compreende melhor as transformações do mundo em que vive. Dessa forma, ele pontuou 3 elementos: peixes, aves e a natureza como um todo. Aristóteles se preocupava em escrever e apresentar seu pensamentos até mesmo para quem não tinha conhecimento da Filosofia. Em desacordo com Platão, Aristóteles prosseguiu seus estudos sobre o Mundo Sensível, e constatou que os seres possuem matéria e forma. Nesse sentido, não é possível idealizar tal elemento natural sem antes tê-lo visto.

 

Todos estes filósofos desenvolveram pensamentos filosóficos dedicados a diferentes ramos como a política, o conhecimento, a própria física e matemática, entre outros. Em breve aprofundaremos mais sobre essas áreas e a Filosofia aqui no blog.