Conheça os principais acontecimentos da Primavera Árabe

4251

No dia 22 de setembro inicia-se a primavera no Hemisfério Norte. Hoje vamos falar de uma primavera que não é tão graciosa como a estação do ano que possui belas flores e um clima agradável. A Primavera Árabe é o resultado de uma luta da população de países do Oriente Médio e do norte da África para a derrubada dos regimes ditatoriais que dominavam essas regiões. Alguns governos que estavam entre 20 e 30 anos no poder foram, por fim, retirados em meados de 2010. O movimento teve essa nomenclatura pois junto dele se iniciava a primavera nas regiões árabes.

Os protestos

O motivo principal dos protestos eram a melhoria das condições de vida e uma democracia justa. O desemprego, desigualdade social e econômica, crises, entre outros problemas foram consequência dos regimes autoritários e repressores.

O primeiro protesto, que ocorreu na Tunísia, teve uma ação um tanto quanto chocante: um jovem ateou fogo em seu próprio corpo para demonstrar sua revolta. Ben Ali, ditador tunisiano, foi o primeiro a sair do poder onde permaneceu por 24 anos. Mas mesmo assim a população continuou sofrendo represália. Esse acontecimento teve repercussão mundial.

As lutas tiveram continuidade no Egito, onde Mubarak governava por 30 anos e após sua renúncia foi condenado à prisão perpétua. Depois a Primavera Árabe foi para a Líbia, e o ditador Muammar Kadhafi que governou por mais de 40 anos foi morto por rebeldes no meio de um conflito entre a oposição e os grupos favoráveis.

Na Síria, o comando ainda é de Bashar Al Assad que está no poder desde os anos 2000. A população persiste com sua luta e a posição do ditador foi um pouco diferente dos ditadores anteriores: Assad atacou os protestantes com tanques de guerra e bombardeios. Até agora são mais de 320.000 mortos com os conflitos permanecendo constantes. A Guerra da Síria é a mais longa e violenta da Primavera Árabe.

Outros países também tiveram seus ditadores derrubados: Marrocos, Jordânia, Argélia, Bahrein e Omã.

Esse assunto teve e ainda tem um alcance global por se tratar de uma guerra marcante que causou diversos conflitos sociais e afetou diversos países. Fique atento! Ele pode ser abordado na prova do ENEM, saiba mais sobre a Guerra da Síria aqui.