Como Literatura e Artes se comunicam?

Entenda como as artes visuais e a literatura se relacionam ao longo dos séculos

1713
Postado: 10 de junho, 2020
artes

 (A Literatura e as Artes Visuais sempre andaram lado a lado, principalmente quando observamos as escolas literárias e seus contextos históricos. Consoante a isso, um dos assuntos mais cobrados na prova de Língua Portuguesa do ENEM é justamente arte e cultura, apresentando muitas vezes pinturas e esculturas associados a textos e movimentos da literatura. Pensando nisso, o QG elaborou uma matéria especialmente sobre como essas duas áreas se relacionam.  

artes

 CLASSICISMO  

O Classicismo foi um movimento artístico e literário cuja principal característica era o apelo ao equilíbrio e valorização da Antiguidade Clássica. Isso significa que, a arte classicista buscava a perfeição, a pureza e o rigor estético das formas artísticas greco-romanas, que serviam como modelo de beleza a ser seguido.  

Na Literatura, – que foi conhecida também por Literatura Renascentista – a busca pela perfeição e a retomada de elementos pagãos como a mitologia foram muito expressiva. Os versos passaram a ser escritos em decassílabos e o soneto foi popularizado.  

Uma boa forma de identificar artes e pinturas Classicistas é ficar atento a elementos como: visão antropocêntrica (focando na beleza do corpo humano), centralização de elementos, claridade e expressão equilibrada sem demonstrar muitos sentimentos.  

 

BARROCO 

A arte Barroca surgiu na Itália no século XVI e foi fortemente caracterizada pelo dualismo, a obscuridade, o exagero e a riqueza de detalhes. Nesse sentido, suas produções são carregadas de emoção e refletem muito sobre a oposição entre espírito e matéria, o sagrado e o profano e a fé e a razão. Além de refletir o sensualismo, a culpa cristã e a morbidez diante da efemeridade do tempo. 

Na Literatura, há a presença de um jogo de palavras com um léxico bem rebuscado e exagerado e com muitas figuras de linguagem – como antíteses e paradoxos para demonstrar o dualismo. Há também a presença de um jogo de ideias com imposição de conceitos e uma retórica bem aprimorada.  

Uma boa forma de identificar pinturas Barrocas é ficar atento a elementos como: expressões dramáticas nos personagens pintados, jogo de luz e sombras, elementos que podem representar a relação entre a religião e o homem (terços, cruzes e esqueletos) e prevalência de curvas ao invés de elementos geométricos.  

 

MODERNISMO  

A arte Modernista surgiu com a proposta de romper com os padrões artísticos vigentes e criar uma arte própria. Sob esse prisma, o Modernismo foi fortemente marcado pela rejeição do academicismo, pela quebra de formalismos e, no Brasil, pela busca de uma identidade artística nacional. 

Na literatura, a pontuação passou a ser relativa, a linguagem popular e coloquial foi valorizada, os versos livres adotados e o relato cotidiano, o humor e a ironia se tornam centrais.  

Uma boa forma de identificar pinturas Modernistas é ficar atento a características como: utilização de novos materiais, adoção da cor como forma, geometrização das formas e valorização do universo onírico e do consciente humano. Além disso, as pinturas modernistas abordam num geral temas como a vida urbana, industrial e críticas sociais.  

 

Por fim, vale lembrar que as Artes Visuais e a Literatura caminham de mãos dadas com a história da sociedade, por isso a interdisciplinaridade é tão importante para o entendimento dos conteúdos. Não deixem de compreender como os acontecimentos dos séculos XVI, XIX e XX influenciaram nesses movimentos artísticos.