Como adaptar o plano de estudos para a quarentena?

Veja as alternativas de adaptação da rotina de estudos para esses tempos de reclusão

1152
Postado: 6 de maio, 2020
estudos para a quarentena

Não existe um plano de estudos universal a ser seguido por todos os vestibulandos, pois esse cronograma precisa se encaixar na rotina de cada um e atender às demandas pessoais dos aluno. Com isso, como rotina e plano de estudos caminham juntos, os tempos de quarentena impuseram uma nova realidade que também precisa ser enquadrada nesse cronograma. Logo, como adaptar o plano de estudos para a quarentena?

1. O local de estudos

O primeiro passo não diz respeito ao planejamento em si, mas sim uma dica fundamental para começar a organizar seus estudos: reserve um local adequado para estudar. Dentro de casa, existem muitas distrações que acabam sendo muito mais atrativas do que o estudo e, por isso, é necessário para que o foco seja privilegiado com um espaço silencioso e arrumado na medida do possível. Cuidado com os tempos de intervalo!

2. O sono

Outra dica importante que também precisa ser colocada em prática é a regulação do sono. Como estamos em reclusão, a cama muitas vezes fala mais alto para ficarmos o dia todo deitados, porém é fundamental estabelecer horários para não atrapalhar seu rendimento.

estudos para a quarentena

3. Organizar por turnos

Estudar de manhã, tarde ou noite? Como na rotina tradicional não passamos tanto tempo em casa, muitas vezes não podemos escolher o turno de estudo, mas com a quarentena, é importante você analisar essa própria rotina e descobrir em quais turnos você rende mais e em quais outros você não rende tanto. Priorize as matérias de maior dificuldade nesses turnos de maior rendimento.

4. Horas extras

Pode ser que, por vezes, você tenha um planejamento, mas naquela semana específica aconteça um problema que tome o tempo de estudo de determinada matéria. Por isso, é importante que, especialmente nessa quarentena, você estabeleça algumas horas extras de estudo aos finais de semana para regular os atrasos.

5. Ritmo

Sabemos que com essa quantidade de dias em casa, também bata aquela preguiça, o que gera a tentação de reservar dias de folga durante a semana. Claro que eles são importantes, no entanto, tome cuidado para que eles não quebrem seu ritmo de estudos, pois assim sendo, isso gera problemáticas na absorção de conteúdo.

Por fim, por mais que estejam sendo dias complicados para todos, é fundamental estabelecer estratégias pessoais. Como dito, nenhum planejamento é universal, pois cada um funciona de um jeito. Conheça-se mais nessa quarentena e descubra maneiras no seu próprio cotidiano de manter o rendimento.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o Blog do QG, clicando aqui!