Centenário da Revolução Russa

784

A Revolução Russa (1917) completa 100 anos em 2017. Achamos importante relembrar esse fato histórico que fez com que o mundo, em uma parte do século XX, se dividisse em dois principais sistemas ideológicos-políticos: socialismo e capitalismo, sendo um dos traços definidos pela Guerra Fria. Nós achamos que os vestibulares desse ano podem mencionar o evento, então vamos relembrar a seguir.

Na época da Revolução, a Rússia estava sofrendo economicamente devido à recém-industrialização recorrente da Primeira Guerra Mundial. Os trabalhadores rurais estavam fazendo muito e ganhando pouco, além do governo opressivo do czar Nicolau II. Esses acontecimentos motivaram as manifestações populares, retirando o monarca do poder e colaboraram para o surgimento da União Soviética como o primeiro país socialista do mundo.

A Revolução teve duas fases:

Revolução de Fevereiro, quando o último governo monarca foi derrubado pelo povo, como citamos acima e desse momento em diante a república foi administrada de forma liberal;

Revolução de Outubro, quando o Governo Provisório foi derrubado pelo Partido Bolchevique e o governo Socialista Soviético passou a dominar a Rússia.

Outros fatos acontecidos, como os grupos de oposição ao czar (Bolcheviques e Moncheviques) e a criação da União Soviética, colaboraram na formação do que hoje é considerada a décima segunda maior economia do mundo, de acordo com o PIB nominal, e um dos cinco principais Estados reconhecidos com armas nucleares. A Rússia possui também o maior depósito de armamento do mundo.

Nós preparamos um resumo em 5 tópicos sobre a Revolução Russa para te ajudar na preparação pra prova.

Assista essa aula interdisciplinar de 2016 que falou sobre Os Caminhos do Socialismo (do manifesto comunista à queda da União Soviética):

Para saber mais, que tal conhecer o Combo ENEM+ Foca nas Humanas e se aprofundar ainda mais nesses conteúdos e ter mais aulas como essa? 😉

Bons estudos!