Atualidades para o ENEM: a eleição russa

1755

De acordo com a apuração dos votos da eleição russa, Vladmir Putin venceu novamente as eleições presidenciais. Putin enfrentou pouca oposição durante sua campanha e usou de toda a sua tradicional campanha eleitoral para garantir um alto número de votos.

Com a sua vitória, Putin ficará no poder até 2024 e, assim se estabelece como um dos mais poderosos líderes da história russa contemporânea. Por meio da força, o presidente tem tentado restabelecer o país como potência mundial se envolvendo em uma guerra com a Ucrânia e ajudando o líder Sírio Bashar al-Assad a se manter no poder.

Putin também se beneficiou da vitória de Trump, o presidente norte-americano mais pró Rússia existente na história moderna. Há indícios inclusive de que a Rússia teria intervindo nas eleições dos Estados Unidos para garantir a vitória de Trump, mas ambos os presidentes negam o envolvimento.

Apesar do relacionamento Trump-Putin parecer bonito, nem tudo são flores. Na última quinta, dia 15/03, Trump se uniu ao Reino Unido e outros países europeu no que diz respeito ao envenenamento de um ex espião, russo que teria colaborado com o serviço secreto inglês, e sua filha.

Voltando às eleições, sua vitória era certa, só não sabíamos quantos por cento de votos seriam em Putin. Oficialmente, ele venceu com 76,7% dos votos, em 2012, a vitória foi com 65%. Seu maior concorrente era Pavel Grudinin do Partido Comunista que recebeu 11,8%.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, haviam vários relatos de urnas sendo preenchidas com papeis, além dos votos dos eleitores, e de pessoas sendo forçadas a votar. Putin queria ganhar com uma margem alta de votos para reforçar que seu mandato é indisputável. Seu maior concorrente, ativista contra corrupção, nem foi permitido de se candidatar por um caso de uma possível fraude.

Independentemente do resultado, a realidade é que a maioria das pesquisas mostra que Vladmir Putin tem uma boa aceitação pelos russos. Como muitos já imaginavam do resultado, 67% da população não foi às urnas.  Após a divulgação do resultado, o presidente eleito disse: “tenho certeza de que estou oferecendo o melhor programa para meu país”.