Argumentos nota 1000 para sua redação

Confira os principais modelos de argumento para garantir a nota mil na redação!

2304
Postado: 15 de abril, 2020
argumentos nota 1000

Uma das etapas de maior dificuldade ao fazer uma redação é o desenvolvimento e argumentação. Isso porque o ENEM exige que o candidato demonstre conhecimento de diversas áreas através da interdisciplinaridade. Nesse sentido, o QG elaborou uma matéria sobre os principais tipos de argumentos para você utilizar em sua redação. Confira!  

 A prova de redação do ENEM segue 5 competências de correção, sendo a competência 2 a responsável por avaliar seu conhecimento de mundo. Desse modo, não basta apenas compreender e escrever sobre o tema, é necessário indicar como o conteúdo do ensino médio te auxilia a desenvolver e concretizar sua opinião. Por isso, ter domínio sobre os tipos de argumentação é de extrema importância na hora de selecionar o que você quer expor.  

argumentos nota 1000

ARGUMENTO POR EXEMPLIFICAÇÃO  

O argumento por exemplificação consiste em usar como exemplo um fato concreto, como um acontecimento histórico ou uma notícia jornalística. Ele auxilia na comprovação da tese do texto, pois nos permite visualiza-la de maneira mais acessível a nossa realidade.  

Num geral, argumentos por exemplificação vêm acompanhados pelos seguintes conectores: “por exemplo”, “como acontece”, “contextualizando”. 

ARGUMENTO POR COMPARAÇÃO 

Ao usarmos um argumento por comparação, devemos fazer uma analogia entre duas ideias, exaltando ou diferenças ou similaridades entre elas. Isso pode ser feito através de conhecimentos literários, cinegráficos ou mitológicos, por exemplo.   

Num geral, para introduzir argumentos por comparação, utilizamos os seguintes conectores: “de maneira análoga”, “igualmente”, “assim como”, “semelhantemente”. 

ARGUMENTO DE AUTORIDADE 

O argumento de autoridade consiste em utilizar uma autoridade no assunto para embasar melhor a tese que você está levantando. Isso significa que podemos usar, por exemplo, constatações feitas por líderes políticos, filósofos, sociólogos, cientistas e historiadores na construção das suas ideias.  

No geral, para introduzir argumentos de autoridade, utilizamos a citação direta, que é quando colocamos a fala do especialista entre aspas, mas também a paráfrase que é quando dizemos as ideias de modo indireto. No caso da paráfrase, ela pode vir acompanhada de conectores como: “segundo”, “de acordo”. 

 

Por fim, vale lembrar que essas são apenas algumas formas de montar sua argumentação, mas que há também argumentação por enumeração, por alusão histórica e por causa e efeito. O importante é achar um modelo que seja confortável para a sua escrita, e que respeite suas habilidades e seus pensamentos!