5 dicas para produzir uma redação nota 1000

555
nota 1000

Não é novidade que a redação do Enem é fundamental para a sua nota final no Exame, certo? Afinal, ela compõe 20% da pontuação total, o que quer dizer que é muito importante que você se saia bem nessa etapa para conseguir o curso dos seus sonhos.

Porém, nós também sabemos que produzir uma redação nota 1000 não é uma tarefa tão simples. Assim como as demais áreas de conhecimento exigidas no exame, a produção de texto exige bastante estudo e dedicação ao longo do ano para garantir uma boa nota.

No caso da redação, essa necessidade se intensifica, já que se trata de uma atividade que exige conhecimentos multidisciplinares, criatividade e bastante concentração.

Mas, afinal, como produzir uma redação nota 1000? No artigo de hoje, separamos 5 dicas para você alcançar a pontuação máxima em sua produção textual no Enem. Confira!

1. Leia bastante

Essa dica parece até clichê, não é mesmo? Mas é fundamental reforçar a importância da leitura para a produção de textos cada vez melhores.

Observando os escritos de bons autores, você conseguirá:

  • aprender as peculiaridades de diferentes gêneros textuais;
  • aumentar o seu repertório sociocultural;
  • estimular a sua capacidade criativa;
  • melhorar o seu vocabulário;
  • aproveitar informações que possam te ajudar em sua argumentação, como dados e citações;
  • assimilar as regras gramaticais e muito mais!

Ufa! Só com essa lista já deu para perceber como a leitura é realmente essencial em seu dia a dia, certo?

Então, não deixe de aplicar essa prática em sua rotina! E, aqui, não estamos falando que você deve ler apenas clássicos da literatura ou grandes autores. Leia jornais, blogs, revistas… o importante é que você consiga separar um tempo do seu dia para essa atividade.

2. Esteja atualizado

Ser um vestibulando não se trata apenas de “enfiar a cara nos livros” e se esquecer do que está acontecendo no mundo. Muito pelo contrário!

Tanto a redação do Enem quanto a de outros vestibulares, como Fuvest e Unesp, exigem do candidato o conhecimento sobre assuntos da atualidade.

Isso porque o tema da redação é sempre uma surpresa, porém, nós sabemos que elas abordam assuntos que estão em alta no ano corrente ou nos anos anteriores.

Por isso, não deixe de entender sobre os temas que estão sendo debatidos na sociedade. Para isso, você pode assistir jornais, acessar portais de notícias e até mesmo participar de redes sociais, como é o caso do Twitter. 

Conhecer as opiniões dos especialistas sobre os possíveis temas de redação do ano também pode te ajudar a se orientar sobre por onde começar.

3. Dê importância à estética do texto

Se engana quem acredita que o conteúdo do texto é a única coisa que importa para a produção de uma redação nota 1000.

Apesar de não ser uma das competências avaliadas no Enem, a estética do texto é fundamental para a sua pontuação. Afinal, uma letra difícil de ser compreendida ou um texto desorganizado podem fazer com que o corretor tenha dificuldades na hora de avaliar a sua redação, o que poderá impactar a sua nota.

E para ter um texto esteticamente agradável, você não precisa ter a letra mais bonita do mundo! Basta que ela seja clara o suficiente, tornando a leitura simples e tranquila. Outras dicas importantes são:

  • mantenha uma quantidade próxima de linhas por parágrafos;
  • evite rasurar e, quando for necessário, siga as regras do Enem para evitar borrões;
  • planeje bem a organização do seu texto, para não ter que improvisar caso falte linhas no final.

4. Saiba como a sua redação será avaliada

Para produzir uma redação nota 1000, você precisa entender quais são os elementos que não podem faltar nela e como ela será avaliada pelo corretor. Assim, você não corre o risco de não cumprir o que é exigido pelo Exame e perder pontos por isso.

A redação do Enem é avaliada com base em 5 competências:

  1. demonstrar domínio da norma culta da língua portuguesa;
  2. compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo;
  3. selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  4. demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  5. elaborar proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

Cada uma dessas competências vale 200 pontos, que são divididos em 6 níveis de conhecimento: desclassificado (0 pontos), precário (40 pontos), insuficiente (80 pontos); mediano (120 pontos); bom (160 pontos), ótimo (200) pontos.

Para tirar a nota 1000, você precisa atingir o nível ótimo nas 5 competências. Por isso, não deixe de estudá-las e buscar melhorar a sua redação com base no que é exigido por elas.

5. Treine muito

Por último, talvez a dica mais importante: pratique bastante. Não adianta de nada colocar todas as dicas anteriores em prática se essa for deixada de lado. Afinal, sem a prática você não conseguirá entender quais são os seus pontos fortes e o que precisa desenvolver para produzir uma redação nota 1000.

Então, aqui vai uma dica extra: atualmente, existem plataformas em que você pode selecionar um entre centenas de temas para praticar e enviar a sua redação para ser corrigida com base nas competências do Enem. 

Assim, você consegue saber, com a ajuda de especialistas, o que falta para alcançar a pontuação máxima na prova!

Sem contar que você já vai entendendo qual é o seu tempo de escrita, trabalhando a sua letra e estética do texto, além de melhorar a sua argumentação de acordo com os mais variados temas.

E aí, gostou de saber as nossas dicas para uma redação nota 1000? Esperamos que você coloque em prática o mais rápido possível. E, para já começar a treinar, que tal baixar uma folha de redação guiada gratuita?

Este artigo foi produzido pela equipe do blog da Imaginie.

COMPARTILHE
Artigo anteriorO que vai cair no Enem?
Próximo artigoDiabetes Mellitus x Insipidus
Roberta Firmino
Graduada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), analista de SEO e conteúdo na Imaginie e Fotógrafa. Apaixonada por educação, chocolate e gatos.