SISU 2017: veja quais serão as mudanças

0
7569

Foi divulgado pelo MEC, nesta última quinta-feira (5), algumas mudanças para o Sistema de Seleção Unificado (SISU), válidas já para a primeira edição deste ano. O SISU é responsável pela seleção de vagas em universidades públicas estaduais e federais, selecionando os candidatos inscritos através da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O que muda?

De acordo com a nota divulgada no Diário Oficial da União pelo MEC, o SISU agora poderá oferecer mais flexibilidade em relação ao cálculo da nota mínima para a aprovação dos estudantes. Nas edições anteriores, as instituições podiam definir uma nota mínima e um peso para cada parte da prova do Enem, dependendo do curso ofertado. Com esta mudança, o SISU 2017 permitirá que as universidades também estipulem uma média mínima referente a prova como um todo ou continuar com o modelo anterior. Também será possível usar a combinação dessas duas regras para a seleção dos aprovados.

Por que a mudança?

Resultado de imagem para sisu

Segundo o MEC, a mudança para o SISU 2017 tem como objetivo principal oferecer mais autonomia às instituições participantes. Além disso, a nova regra também facilitará o acesso às universidades pelo sistema. Caso o candidato não tenha a nota mínima exigida para o curso escolhido em uma das provas do Enem 2016, mas tenha notas suficientes nas outras provas para obter a média estipulada pela universidade, as suas chances de ser aprovado na seleção serão maiores.

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA