O índio brasileiro em foco na atualidade

0
2476
Tema de redação: O índio brasileiro em foco na atualidade.

QGnianos! Saiu mais um tema de redação do curso Redação na Prática 2017. Vale lembrar que os alunos do pacote ILIMITADO, a partir de agora, terão um prazo de uma semana para entregar cada tema para correção.  Já os alunos do curso Redação na Prática terão 15 dias para entregar cada tema para correção. As correções são feitas pela nossa parceira Imaginie, a maior plataforma de correções de redações para ENEM e vestibulares.

Redação na Prática: as redações deste tema podem ser entregues até o dia 21/05/2017.

Ilimitado: as redações deste tema podem ser entregues até o dia 14/05/2017.

 

TEMA: O índio brasileiro em foco na atualidade

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “O índio brasileiro em foco na atualidade”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I

Infográfico sobre a migração em terra indígena.

Disponível em: http://apublica.org/2016/06/em-terra-de-indio-amineracao-bate-a-porta-2/ Acesso 14 fevereiro 2017.

TEXTO II

Infográfico sobre a população indígena no Brasil.

Disponível em: http://apublica.org/2016/06/em-terra-de-indio-amineracao-bate-a-porta-2/ Acesso 14 fevereiro 2017.

TEXTO III

Nas terras indígenas, a exploração e o aproveitamento dos recursos hídricos e das riquezas minerais só podem ser feitos com a autorização do Estado brasileiro. Mas as áreas de preservação ambiental e os territórios indígenas são alvos da extração ilegal de recursos.

O avanço do agronegócio também é um fator que pressiona os territórios indígenas. No Parque do Xingu, ao longo dos anos se formou um cinturão de fazendas de soja em seu entorno, transformando o parque indígena em uma “ilha verde de floresta”.

Grandes obras hidrelétricas na Amazônia também são alvos de críticas. A maior delas é a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Baixo Xingu, em Altamira (PA), que será a segunda maior do país. A barragem gerou um forte movimento de oposição entre os povos indígenas da bacia do Xingu, que temem que a hidrelétrica afete os rios e sua sobrevivência. Recentemente a FUNAI autorizou o IBAMA a conceder a licença para a barragem operar.

Disponível em: https://vestibular.uol.com.br/resumo-dasdisciplinas/atualidades/o-indigena-no-brasil-uma-luta-historica-paraexistir.htm. Acesso 14 fevereiro 2017.

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA