Fatos políticos que marcaram a história dos Jogos Olímpicos

A 31ª edição dos Jogos Olímpicos pode ser cobrada no Enem e outros vestibulares de diferentes formas.

0
1018

As Olimpíadas, ou Jogos Olímpicos, constituem nos dias de hoje um dos eventos mais populares e prestigiados em todo o mundo. Milhares de espectadores acompanham as competições tanto presencialmente nos estádios e arenas quanto pela televisão. Entretanto, os Jogos Olímpicos caíram no esquecimento durante séculos, tendo retornado na década de 1890 graças a Pierre de Coubertin, aristocrata e pedagogo suíço, que via nos Jogos Olímpicos um caminho para promover a “paz entre as nações”, já que aquele contexto (de transição do século XX para o século XXI) estava carregado de rivalidades entre as potências imperialistas.

Determinados fatos políticos marcaram a história dos Jogos Olímpicos desde o I Jogos Olímpicos da Era Moderna em 1896. Vamos conhecer os mais relevantes:

O I Jogos Olímpicos da Era Moderna foram realizados na cidade de Atenas (Grécia), berço dos jogos da antiguidade, entre os dias 6 e 15 de abril de 1896. Seu idealizador foi Pierre de Coubertin, historiador e pedagogo francês, que presidiu o COI (Comitê Olímpico Internacional) entre os anos de 1896 e 1925. Segundo Coubertin, os princípios olímpicos trazem uma dimensão política: “ (…) Não teremos paz enquanto o preconceito que hoje separam as diferentes raças seja erradicado. Para obter este objetivo, que melhor meio do que reunir periodicamente a juventude de todos os países para disputas amistosas de força muscular e agilidade? Os Jogos Olímpicos, para os antigos, representavam a união do esporte e promoviam a paz” (Revista Veja).

Em maio de 1912, o Comitê Olímpico Internacional  escolheu Berlim como cidade organizadora dos Jogos Olímpicos, mas nunca foram realizados, devido à 1a Guerra Mundial. Quando se iniciou a 1a Guerra Mundial em 1914, os preparativos dos jogos não foram interrompidos, contudo, o prolongamento do conflito tornou impossível a realização do evento.

Após a guerra, os Jogos Olímpicos foram marcados para Antuérpia na região da Flandres, na Bélgica, numa homenagem do COI (Comitê Olímpico Internacional) ao sofrimento infligido ao povo belga durante a I Guerra Mundial. 
políticosolim_banner

Dois eventos marcaram os Jogos de Antuérpia: a bandeira olímpica foi apresentada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) e pela primeira vez foram excluídos países dos Jogos Olímpicos por motivos políticos: Alemanha, Áustria, Bulgária, Hungria e Turquia, derrotados na guerra.

Os Jogos Olímpicos de Inverno foi um evento criado para abrigar competições disputadas na neve. Esportes típicos de inverno já haviam sido disputados em Jogos Olímpicos de Verão: a patinação artística foi disputada em Londres 1908 e em Antuérpia 1920. Porém, o clima das cidades impediu a continuidade desses esportes.

Em 1921, o COI (Comitê Olímpico Internacional) decidiu realizar uma “Semana Internacional de Esportes de Inverno”. A cidade francesa de Chamonix, nos Alpes da França, foi escolhida para sediar o evento. A ideia deu tão certo que o COI decidiu criar os Jogos Olímpicos de Inverno, ficando Chamonix 1924 como a primeira edição dos Jogos Olímpicos. No mesmo ano ocorreram os Jogos Olímpicos de Verão, oficialmente Jogos da VIII Olimpíada, foram os Jogos Olímpicos realizados em Paris, França, entre 4 de maio e 27 de julho, nos quais apareceu o lema olímpico, em latim: “Citius, Altius, Fortius” que em latim significa “mais rápido, mais alto, mais forte”. A criação do lema olímpico é atribuída ao padre Dominicano Henri Dion, que ensinava esportes nos arredores de Paris e era amigo de Pierre de Coubertin.

Os Jogos Olímpicos realizados em Los Angeles foram prejudicados pela Grande Recessão, iniciada com a quebra da Bolsa de Nova York, em 1929. Houve uma significativa queda no número de países participantes, caindo de 46 na Olimpíada anterior para 36 países, e, consequentemente, o número de atletas participantes passaram de 2.883 para apenas 1.332.

A cidade de Los Angeles, imersa em recessão econômica, associou os Jogos Olímpicos a uma estratégia de renovação de áreas centrais da cidade. Foi a primeira vez que uma “vila olímpica” com características de moradia permanente foi construída.

A 31ª edição dos Jogos Olímpicos pode ser cobrada no Enem e outros vestibulares de diferentes formas. Como falta pouco tempo para os exames vestibulares, não perca o próximo post desta série que estará incrível.

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA