Ideologia na Sociologia

0
1502

 

Muitos cantam “ideologia, eu quero uma pra viver”, mas não sabem exatamente o que é a ideologia dentro da sociologia. Por isso, hoje vamos te contar 7 pontos do que é a ideologia segundo Marx:

  1. Para o autor, a realidade é dividida em duas estruturas: infraestrutura e superestrutura. A primeira como a vida social, envolvendo as relações de trabalho, já a segunda, fala de uma dimensão mais abstrata e subjetiva, de natureza ideológica que diz respeito a formas de ver o mundo, os valores e os princípios que regem a vida social, incluindo a esfera jurídica, política e religiosa.
  2. O pensamento não vem de um indivíduo, mas de uma forma de ver o mundo que reflete a ideologiaperspectiva de um grupo dominante. Assim, a ideologia é uma ilusão, pois ela representa uma visão interessada em atender a uma dominação, não sendo neutra, mas ao contrário, tendo o intuito de legitimar e de favorecer a manutenção da ordem social.
  3. A classe que domina economicamente é aquela que produz as ideias, que controla os meios de comunicação, as instituições religiosas, a educação, fazendo com que a sua visão de mundo se confunda com o próprio mundo, quando nada mais é que ilusão segundo o autor.
  4. Outra interpretação da ideologia é de que ela é apenas uma visão de mundo e que por isso não é mais ou menos verdadeira, mas apenas diferente. Nesse sentido, não seria só a classe dominante que teria uma ideologia, mas as classes dominadas também.
  5. O filósofo marxista Antonio Gramsci argumenta que há um conflito ideológico além de um conflito material entre as classes, assim os trabalhadores não estão apenas submetidos a visão de mundo dos dominantes, mas também produzem sua própria compreensão da realidade. Embora haja duas visões concorrentes, o filósofo cunha o conceito de hegemonia, para expressar que as visões têm poderes e legitimidades variadas, a ideologia proletária seria menos expressiva do que a burguesa, teria menos visibilidade também, em função do controle das instituições por parte do grupo dominante.
  6. Ideologia revolucionária é aquela que que procura suplantar a visão da realidade formulada pela burguesia.
  7. Para Gramsci é necessário atentar ao papel dos intelectuais que em muitos casos acreditam serem livres e autônomos, mas que na verdade representam interesses de classe. Para o autor todo trabalho intelectual é ideológico. A função do intelectual revolucionário seria gerar consciência de classe, ou seja, da condição de subjugação e injustiça que estão vivendo, procurando construir caminhos e alternativas. Nesse sentido, Gramsci questiona interpretações marxistas que veem um determinismo econômico, mostrando o papel da educação para a aceitação da dominação burguesa.

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA