Existe vida fora da terra?

0
1008

É possível que em cada estrela que observemos no céu tenha pelo menos um planeta em sua órbita, isto significa que existe, pelo menos, 100 bilhões de planetas só dentro da Via Láctea. Um dos maiores dilemas da ciência é a busca por vida fora da Terra, e hoje muitos cientistas acreditam que o contato com seres extraterrestres não está em um futuro muito distante.

Quais são os sinais de vida fora da terra?
Resultado de imagem para ZONA HABITÁVELVocê deve ver frequentemente notícias anunciando a descoberta de novos planetas semelhantes ao planeta Terra, e que tenham as condições necessárias para a existência de vida. Mas você sabe como os cientistas conseguem afirmar que um planeta é propício a ter vida? Um dos sinais que indica esta possibilidade, é o planeta estar em uma zona habitável, ou seja, quando este corpo celeste está localizado em uma região distante o suficiente de sua estrela para que a temperatura possibilite a existência de água líquida em sua superfície. A Terra, por exemplo, está em uma zona habitável em relação ao Sol.

Outro sinal que pode indicar a existência de vida em um planeta, é quando há presença de água líquida e fontes de energia no local, tais como carbono, nitrogênio, fósforo e enxofre. Com a tecnologia de hoje, os cientistas conseguem detectar a presença de água líquida e outras substâncias químicas em pontos distantes nas galáxias, o que possibilita o avanço dos estudos científicos sobre vida fora da Terra.

Por que vida em Marte?

Muitos filmes de ficção científica representam Marte como um planeta habitado por extraterrestres. Na verdade, dos corpos celestes que habitam o nosso sistema solar, este planeta é realmente o maior candidato à existência de vida. Os cientistas já puderam afirmar que na superfície de Marte havia água corrente, um dos elementos necessários para a existência de vida. Além disso, a Agência Espacial Americana (NASA) já identificou a presença de elementos como enxofre, nitrogênio, hidrogênio, oxigênio, fosforo e carbono no solo marciano.

Também existem outros corpos celestes dentro do sistema solar que apresentam sinais de vida. No planeta Júpiter, por exemplo, foram encontradas evidências de água abaixo da superfície das luas Ganímedes e Europa. A hipótese é de que haja oceanos nestas regiões, e que contenham alguma presença de vida microscópica.

Qual tipo de vida esperamos lá fora?

É evidente que a chance de existir vida fora da Terra é muito grande, diante das bilhões de possibilidades de planetas presentes na galáxia, conhecidos e desconhecidos pelo homem. Porém, é importante entender que isso não significa que haja vida inteligente lá fora, mas talvez planetas formados por amebas e seres unicelulares. Afinal, durante muito tempo, há cerca de 3,5 bilhões de anos atrás, a Terra que conhecemos hoje era somente habitada por esses seres unicelulares. Além disso, para que formas de vidas se tornem complexas e inteligentes, não é necessário somente tempo, mas a adaptação da vida ao ambiente em que ela está.

Também não é possível negar a existência de vida inteligente fora daqui, mas como ainda não temos muito conhecimento sobre como a evolução varia de planeta para planeta, e conhecemos ainda muito pouco deste vasto universo, é muito difícil prever se existe ou não vida extraterrestre inteligente.

2508_post

Gostou do assunto? Quer saber mais?

“Vida fora da terra” será tema de uma das aulas do curso Foca na Medicina!

Neste curso, abordamos os assuntos mais importantes da Física, Química e Biologia para os estudantes que desejam passar para o curso de Medicina.

Para conhecer o curso, clique aqui. 

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA