Enem 2015 – Análise do Tema de Redação

Apenas 104 candidatos conseguiram atingir a nota máxima, isto é, 1000 pontos. Já do outro lado, 53 mil pessoas tiraram nota zero.

0
3477
    Em janeiro deste ano (2016) , o balanço geral referente ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015 foi divulgado. A análise do tema de redação apontou que apenas 104 candidatos conseguiram atingir a nota máxima, isto é, 1000 pontos. Já do outro lado, 53 mil pessoas tiraram nota zero.
Diante dos números divulgados, é possível afirmar que o nosso sistema educacional precisa continuar desenvolvendo ações para que nossos estudantes possam construir textos de acordo com as exigências da matriz de referência para redação do Enem. Afinal, 38% dos candidatos, atingiram, no máximo os 500 pontos. Isto significa que 2.212.460 pessoas ficaram abaixo da média.
Foram disponibilizados 4 textos de apoio a redação para os participantes do Enem 2015. O primeiro deles se refere ao mapa da violência de 2012 que aborda a evolução das taxas de homicídio feminino no Brasil.
O segundo texto, publicado no site da Secretaria de Políticas para as mulheres, fala sobre os diferentes tipos de violência contra a mulher. Vale ressaltar que a violência física ficou em primeiro lugar com 51, 68% seguida da violência psicológica com 31, 81%.
O texto três trata do feminicídio íntimo, aquele cometido em contexto de violência doméstica que geralmente é precedido por outras formas de violência. Já o texto quatro fala um pouco sobre a Lei Maria da Penha que foi pensada para os dois gêneros, mas na maioria das ocasiões serve de instrumento legal para defender mulheres vítimas de violência doméstica.
Fonte: Caderno de Redação Enem 2015
Fonte: Caderno de Redação Enem 2015
  Os textos de apoio a redação do Enem 2015 apresentaram diferentes dados estatísticos, mas não apontaram os possíveis caminhos que os alunos poderiam seguir em termos de argumentação, isto é, muito interessante porque foi solicitado uma proposta de mudança social frente à temática proposta. Chega-se a isso através da leitura de exemplos, pesquisas, fatos comprováveis, citações ou depoimentos de pessoas especializadas no assunto, alusões históricas e comparações entre fatos, situações, épocas ou lugares distintos.
   É como se a coletânea de textos de apoio mostrasse que o tema “violência contra a mulher” é relevante, mas que o estudante deveria por ele mesmo interpretá-los e apresentar uma redação coerente com o tema apresentado.

Comentários

comentários

COMPARTILHE
Artigo anteriorZika Vírus
Próximo artigoAdeus Moleza
Graduada em Pedagogia pelo Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro. Atuou nos dois segmentos do ensino fundamental e ensino médio.

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA