Enem 2016 – Avaliação das Questões

No Enem, as notas são calculadas levando em conta a dificuldade de cada questão (chamada de item), além da quantidade de acertos

0
2992

A forma de avaliação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ainda deixa dúvidas. Como são calculados os valores das questões? Se eu errar, minha pontuação diminui?

No Enem, as notas são calculadas levando em conta a dificuldade de cada questão (chamada de item), além da quantidade de acertos.

Uma questão que teve baixo índice de acertos é considerada difícil e, por isso, tem mais “peso” na pontuação final. Já aquelas que têm alto índice de acertos são classificadas como fáceis e contam menos pontos na nota final do candidato.

As questões do Enem não possuem o mesmo valor. Existem as que nunca partem do zero e as com valores máximos para cada área do conhecimento. Elas já vêm calibradas (fácil, médio, difícil), ou seja, a mais fácil pode valer 300 pontos e a mais difícil 800 pontos. Por isso que errar questões no Enem não faz o candidato perder pontos. Mesmo que o acerto tenha sido casual (o famoso chute), ele contribuirá com o resultado final.

As notas máximas e mínimas do Enem 2015 podem ser conferidas abaixo:

Apesar de ser um dado informativo, as notas trazem algumas novidades. Foi a primeira vez na história do Exame que a nota máxima de uma prova ultrapassou os mil pontos (1.008,3).

É importante lembrar que apenas a prova de redação pode ser zerada porque a pontuação varia numa escala fixa que vai de 0 a 1.000 pontos. Além disso, é corrigida por meio de um modelo diferenciado e menos complexo do que as outras do Enem.

 

 

 

 

 

Comentários

comentários

COMPARTILHE
Artigo anteriorAplicativo QG
Próximo artigoAplicativo Novo Acordo Ortográfico
Graduada em Pedagogia pelo Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro. Atuou nos dois segmentos do ensino fundamental e ensino médio.

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA