Enem 2016 – 6 Formas para Estudar

O QG listou 6 formas para você estudar para o Enem 2016

2
5297

O Enem 2016 está chegando, então, comece a se preparar! Faça um plano de estudos, se organize e não perca o foco. O QG listou 6 formas de estudar para o Enem, são elas: simulados, atualização, resumos, grupo de estudos, leitura e escrita.

Simulados: as questões do Enem têm características bem especificas, e fazer simulados fará com que você fique cada vez mais familiarizado com o tipo de prova do exame. (Confira nossos simulados aqui);

Atualização: muitas questões do Enem são desenvolvidas levando em consideração fatos sociais, ambientais, políticos e econômicos do mundo atual. Assim, é válido acompanhar noticiários, jornais, portais de notícias que divulguem os acontecimentos mundiais mais relevantes. Vale lembrar que, a prova de redação do Enem pede ao estudante que discuta a respeito de textos da sociedade atual (veja alguns exemplos de textos de apoio de redações no Enem). Nosso Curso Completo 2016 vem com aulas de Atualidades, vale conferir;

Resumos: fazer resumos é uma boa forma de fazer uma revisão dos conteúdos, ajuda a fixar a matéria e é uma forma mais dinâmica de acessar os assuntos e/ou temas do Enem;

Grupos de Estudo: o grupo de estudos aproxima alunos que seguem o mesmo objetivo. Sem falar, que os estudantes com mais facilidade em determinadas disciplinas podem ajudar outros que estejam com dificuldades;

Leitura: as questões do Enem contêm enunciados bastante longos. Dessa forma, a prática da leitura é de grande ajuda para fazer uma leitura mais rápida e otimizada das questões. Além disso, a compreensão e interpretação das questões tendem a melhorar.

Escrever:  o hábito de escrever é um ponto fundamental para melhorar a argumentação, pois a prova de redação exige que o candidato apresente um texto com argumentos válidos e bem construídos. Por isso, nosso Curso Completo 2016 vem com temas semanais de redação com a correção, confira aqui.

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova desenvolvida pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira) voltada para estudantes que estão concluindo ou que já concluíram o ensino médio em anos anteriores. O objetivo do exame, até 2008, era possibilitar ao candidato uma avaliação das competências desenvolvidas ao longo do ensino fundamental e do ensino médio (educação básica).

Em 2009, o Inep acrescentou aos objetivos do Enem a seleção para o ingresso no ensino superior e passou a ter uma matriz de referência voltada para avaliar o domínio de competências e habilidades em quatro áreas de conhecimento e redação.

Para continuar se preparando para o Enem 2016 não deixe de ler: http://blog.enem.com.br/2016/enem-2016-o-que-devo-estudar

Bons estudos!!!

 

Comentários

comentários

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA