Dicas do Inep para a redação do Enem

0
2753

Nesta segunda, 10,  o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Nacionais (Inep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), divulgou algumas dicas para ajudar os estudantes na hora de redigir a redação do Enem. As dicas foram publicadas em uma cartilha com o objetivo de tornar mais transparente o método de avaliação da redação.

Sendo assim, a cartilha detalha e explica quais são as competências avaliadas e os critérios de correção, os quais fazem com que a nota do candidato possa variar de 0 a 200. Para exemplificar essas competências e critérios, a equipe preocupou-se em trazer exemplos de redações que receberam nota máxima e frases que justificaram a nota zero.

De acordo com os critérios apresentados, um candidato pode ter sua redação zerada se estender seu texto em mais de sete linhas, fugir do tema proposto, apresentar trechos sem coesão com a proposta e/ou que desrespeitem os direitos humanos. Por exemplo, apresentar propostas que incitem à violência ou que defendam “a justiça com as próprias mãos”.

Vale lembrar que a redação do Enem tem que ser escrita em prosa do tipo argumentativo-dissertativo, no qual é preciso desenvolver uma tese apresentando argumentos bem elaborados e estruturados com coerência e coesão. Além disso, é preciso demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.

Conheça nosso curso Redação na Prática.

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA