As contradições da Globalização

Diferentes aspectos convergiram para a globalização, mas o avanço das tecnologias de comunicação e de transporte foram os que mais contribuíram para o avanço da globalização.

0
3125

O Enem sempre traz questões que sinalizam as alterações causadas pela globalização, direcionando seus questionamentos para dois fatores. O primeiro é o impacto da modernização na questão do emprego, tanto a nível local quanto a nível internacional. O segundo fator é o impacto das novas tecnologias no trabalho à distância e na vivência inerente à produção à distância.

Impacto da Globalização na Empregabilidade

Diferentes aspectos convergiram para a globalização, mas o avanço das tecnologias de comunicação e de transporte foram os que mais contribuíram para o avanço da globalização. Contudo, é importante apontar que esses dois aspectos foram fortalecidos com o colapso do modelo taylorista – fordista, isto é, o modelo clássico não estava mais conseguindo superar as demandas de produtividade. O modelo just in time começou a ganhar espaço como resposta, e, para isso, uma maior aplicação de tecnologias na produção se tornou crucial.

A substituição do trabalho automático e repetitivo começou a diminuir o número de vagas e a exigir maior preparo e mais habilidades do trabalhador. Em outra direção, o pouco espaço de trabalho que ainda restava passou a concorrer com a internacionalização. Uma vez que se tornou fácil a produção à distância com o avanço das comunicações, as empresas começaram a observar que era mais barato produzir em países como Índia e China. No entanto, para manter os custos baixos, esses países inseriram leis trabalhistas mais frouxas, minando o bem-estar social.

Com a chegada da tecnologia de comunicação, o trabalho à distância se tornou uma possibilidade. Entretanto, aquilo que parecia diminuir o impacto do domínio patronal (ter um chefe) começou a apresentar indícios contrários. De um lado, a produção em larga escala em muitos países continua alienante, dado o baixo salário, que impede o acesso ao produto. Do outro lado, a mão de obra especializada começou a trabalhar à distância, muitas vezes em casa. Contudo, a aparente liberdade que isso traria foi anulada quando se verifica o controle, ou seja, a interconexão (e-mails, celulares, messengers, dentre outros) inseriu uma situação em que o trabalho nunca termina, passa a tomar a vida social.

Logo, é importante considerar os diferentes paradoxos da globalização para não acreditar que ela só trouxe frutos positivos ao colocar em questão o antigo modelo.

DESENVOLVENDO COMPETÊNCIAS

  1. Enem 2011

A introdução de novas tecnologias desencadeou uma série de efeitos sociais que afetaram os trabalhadores e sua organização. O uso de novas tecnologias trouxe a diminuição do trabalho necessário que se traduz na economia líquida do tempo de trabalho, uma vez que, com a presença da automação microeletrônica, começou a ocorrer a diminuição dos coletivos operários e uma mudança na organização dos processos de trabalho.

A utilização de novas tecnologias tem causado inúmeras alterações no mundo do trabalho. Essas mudanças são observadas em um modelo de produção caracterizado

a) pelo uso intensivo do trabalho manual para desenvolver produtos autênticos e personalizados.

b) pelo ingresso tardio das mulheres no mercado de trabalho no setor industrial.

c) pela participação ativa das empresas e dos próprios trabalhadores no processo de qualificação laboral.

d) pelo aumento na oferta de vagas para trabalhadores especializados em funções repetitivas.

e) pela manutenção de estoques de larga escala em função da alta produtividade.

Gabarito:

c) pela participação ativa das empresas e dos próprios trabalhadores no processo de qualificação laboral.

  1. Enem 2012

Uma mesma empresa pode ter sua sede administrativa onde os impostos são menores, as unidades de produção onde os salários são os mais baixos, os capitais onde os juros são os mais altos e seus executivos vivendo onde a qualidade de vida é mais elevada.

SEVCENKO, N. A corrida para o século XXI: no loop da montanha russa. São Paulo: Companhia das Letras, 2001 (adaptado).

No texto estão apresentadas estratégias empresariais no contexto da globalização. Uma consequência social derivada dessas estratégias tem sido

a) o crescimento da carga tributária.

b) o aumento da mobilidade ocupacional.

c) a redução da competitividade entre as empresas.

d) o direcionamento das vendas para os mercados regionais.

e) a ampliação do poder de planejamento dos Estados nacionais.

Gabarito:

  1. b) o aumento da mobilidade ocupacional.

 

 

 

 

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA