As 5 questões mais difíceis de Geografia do Enem 2015

Para solucionar a questão, o aluno deve interpretar o texto, que explicita a capacidade de armazenamento das veredas.

0
10576

Com o Exame Nacional do Ensino Médio se aproximando, decidimos trazer para vocês alguns exemplos de questões difíceis de Geografia que podem cair no dia 5 de novembro, quando serão realizadas as provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias, os temas que são cobrados nas questões de Geografia são os mesmos que fazem parte do conteúdo programático do próprio Ensino Médio. Porém, uma característica marcante do Enem, é que esses conteúdos são apresentados de forma interdisciplinar e integrados ao contexto do dia a dia.

  1. Enem 2015- 1ª Aplicação

Algumas regiões do Brasil passam por uma crise de água por causa da seca. Mas, uma região de Minas Gerais está enfrentando a falta de água no campo tanto em tempo de chuva como na seca. As veredas estão secando no norte e no noroeste mineiro. Ano após ano, elas vêm perdendo a capacidade de ser a caixa-d’água do grande sertão de Minas.

VIEIRA, C. Degradação do solo causa perda de fontes de água de famílias de MG. Disponível em: http://g1.globo.com. Acesso em: 1 nov. 2014

As veredas têm um papel fundamental no equilíbrio hidrológico dos cursos de água no ambiente do Cerrado, pois

a) colaboram para a formação da vegetação xerófila

b) formam os leques aluviais nas planícies das bacias

c) fornecem sumidouro para as águas de recarga da bacia.

d) contribuem para o aprofundamento dos talvegues à jusante.

e) constituem um sistema represador da água na chapada.

Para solucionar a questão, o aluno deve interpretar o texto, que explicita a capacidade de armazenamento das veredas.

Gabarito: e

Comentário:

O sistema de veredas é um ecossistema que compõe o Domínio dos Cerrados em um sentido mais restrito. Levando em consideração a abordagem da questão, há referência ao Domínio das Caatingas. De acordo com o texto, as veredas são semelhantes à caixa d´água do sertão, por ter capacidade de reter água, pois é um sistema que seu desenvolvimento se dá em solo tomado por água. O texto da questão pode confundir um pouco o candidato porque aborda um tema específico e que não é tão difundido nos materiais didáticos. O texto aponta o problema causado pelas secas, remetendo ao semiárido, que acomete o norte de Minas Gerais. A pergunta da questão, pede que o candidato faça referência ao papel específico das veredas e seu funcionamento.Sem falar que a questão faz lembrar do sério problema que preocupa a região do sertão mineiro: a proliferação do eucalipto que leva ao esgotamento as águas represadas pelo sistema de veredas.

  1. 2015- 1ª Aplicação

 

No mapa estão representados os biomas brasileiros que, em função de suas características físicas e do modo de ocupação do território, apresentam problemas ambientais distintos. Nesse sentido, o problema ambiental destacado no mapa indica

a) desertificação de áreas afetadas

b) poluição dos rios temporários.

c) queimadas dos remanescentes vegetais.

d) desmatamento das matas ciliares.

e) contaminação das águas subterrâneas.

A região destacada no mapa apresenta o processo de desertificação que ocorre, predominantemente, nas áreas do clima semiárido, presente em regiões do Nordeste e proximidades. Tal impacto é mais sentido na área da Caatinga.

Gabarito: a

Comentário:

O mapa apresenta os diferentes biomas brasileiros. Na legenda, é possível observar um problema ambiental, localizado na caatinga, sertão do nordeste brasileiro. Vamos eliminar a alternativa b, uma vez que a região que circunda os rios temporários, a agricultura pouco capitalizada, não os polui. Outra alternativa que pode ser eliminada é a letra d porque como não há rios permanentes, não há matas ciliares. Elimina-se também a alternativa e, já que se houvesse águas subterrâneas contaminadas, possivelmente, encontrar-se-iam na divisa entre Bahia e Pernambuco (Juazeiro e Petrolina), e não em toda a área em destaque. E, finalmente, elimina-se a alternativa c: as queimadas citadas ocorrem com mais frequência no Cerrado.

  1. 2015- 1ª Aplicação

Quanto ao “choque de civilizações”, é bom lembrar a carta de uma menina americana de sete anos cujo pai era piloto na Guerra do Afeganistão: ela escreveu que — embora amasse muito seu pai — estava pronta a deixá-lo morrer, a sacrificá-lo por seus pais. Quando o presidente Bush citou suas palavras, elas foram entendidas como manifestação “normal” de patriotismo americano; vamos conduzir uma experiência mental simples e imaginar uma menina árabe maometana pateticamente lendo para as câmeras as mesmas palavras a respeito do pai que lutava pelo Talibã — não é necessário pensar muito sobre qual teria sido a nossa reação.

A situação imaginária proposta pelo autor explicita o desafio cultural do (a)

a) prática da diplomacia.

b) exercício da alteridade.

c) expansão da democracia.

d) universalização do progresso.

e) conquista da autodeterminação.

A questão contempla conceitos da antropologia, já que trabalha “a questão do outro” (alteridade). O pai americano disposto a morrer é herói, em contrapartida, o pai islâmico disposto a morrer é considerado, pela lógica ocidental, terrorista.

Gabarito: B

Comentário:

O texto da questão influência o candidato a presumir que o pai da menina era um combatente talibã. Ao fazer essa comparação, o autor sugere uma reflexão ao nos colocar no lugar dessa criança, isto é, um exercício de autoridade.

  1. 2015- 1ª Aplicação

O projeto Nova Cartografia Social ensina indígenas, quilombolas e outros grupos tradicionais a empregar o GPS e técnicas modernas de georreferenciamento para produzir mapas artesanais, mas bastante precisos, de suas próprias terras.

LOPES, R. J. O novo mapa da floresta. FOLHA de S. Paulo, 7 de maio 2011 (adaptado).

A existência de um projeto como o apresentado no texto indica a importância da cartografia como elemento promotor da

a) expansão da fronteira agrícola.

b) remoção de populações nativas.

c) superação da condição de pobreza.

d) valorização de identidades coletivas.

e) implantação de modernos projetos agroindustriais.

O texto mostra o uso de técnicas modernas de georreferenciamento por povos tradicionais na Amazônia, com o objetivo de produzir precisos mapas artesanais, o que valoriza as identidades coletivas. O texto exclui as demais alternativas.

 Gabarito: d

Comentário:

Desde a Antiguidade Clássica, os mapas são uma técnica que nos mostra o espaço geográfico, seus objetos naturais e artificiais e as relações entre os seres humanos oriundas da transformação dos objetos da natureza em objetos artificiais (casas, pontes, plantações, dentre outros). Assim, os mapas são instrumentos que representam a geografia_bannerrealidade e, também, podem ser considerados instrumentos de planejamento e poder, pois podem informar pontos particulares de diferentes grupos. Por isso, é comum serem usados na valorização das identidades coletivas, sejam elas nacionais, regionais ou locais.

  1. 2015- 1ª Aplicação

No final do século XX e em razão da ciência, produziu-se um sistema presidido pelas técnicas da informação, que passaram a exercer um papel de elo entre as demais, unindo-as e assegurando ao novo sistema uma presença planetária. Um mercado que utiliza esse sistema de técnicas avançadas resulta nessa globalização perversa.

Santos. M. Por uma outra globalização. Rio de Janeiro: Record, 2008 (adaptado).

Uma consequência para o setor produtivo e outra para o mundo do trabalho advindas das transformações citadas no texto estão presentes, respectivamente, em:

a) Eliminação das vantagens locacionais e ampliação da legislação laboral.

b) Limitação dos fluxos logísticos e fortalecimento de associações sindicais

c) Diminuição dos investimentos industriais e desvalorização dos postos qualificados

d) Concentração das áreas manufatureiras e redução da jornada semanal.

e) Automatização dos processos fabris e aumento dos níveis de desemprego.

A expansão da revolução tecnocientífica informacional e o desenvolvimento do modelo flexível de produção transformaram o processo produtivo por meio da introdução da robotização, ampliando, assim, o nível de desemprego.

Gabarito: e

Comentário:

O período atual foi classificado por Milton Santos como técnico-científico e informacional. O emprego de sistemas técnicos de informação e automação para controlar o processo produtivo é uma das principais características do período técnico-científico e informacional. Tal característica passou a exigir recursos humanos qualificados para desenvolverem funções dentro do processo fabril, como também no setor primário. É inegável que os sistemas técnicos de informação e automação modernizaram a produção, contudo, consequentemente, causa demissões.

 

 

 

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA