Sobrevivente do Holocausto, Aleksander Henryk Laks, morre no Rio

Polonês radicado no Brasil tinha 88 anos e tratava de infecção pulmonar.

0
1934

Morreu no Rio nesta terça-feira, (21/07), aos 88 anos, Aleksander Henryk Laks, sobrevivente do holocausto. De acordo com a família, ele estava internado no Hospital Copa D’or, se tratando de uma infecção pulmonar.

Na página de Laks no Facebook, a família informou sobre o falecimento:

“Nosso pai, sogro e avô morreu hoje. Agradecemos todo o carinho de vocês ao longo desses últimos dias. As correntes positivas trouxeram paz para ele e para a família. Publicaremos sobre o enterro tão logo tenhamos essa informação. Família Laks”, diz a mensagem.

Polonês radicado no Brasil, Aleksander Laks foi presidente da Associação Brasileira dos Israelitas Sobreviventes da Perseguição Nazista. Em 2000, publicou “O Sobrevivente: Memórias de um brasileiro que escapou de Auschwitz”, biografia em que narra suas memórias dos seis anos em que viveu em campos de concentração.

Comentários

comentários

Sem comentários