Porque ou Porquê? Por que ou Porquê?

QGnianos explicam: uso do porquê.

0
1588
porque

O QGniano de hoje explica o uso do porquê!

Assista ao vídeo:

Entenda melhor:

POR QUE / POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ

1) A forma “por que” pode ser a sequência de uma preposição “por” e um pronome interrogativo “que”. É uma expressão equivalente a “por qual razão”, “por qual motivo’. Confira:

  • Por que você vai fazer o ENEM?
  • Não se sabe por que tomaram tal decisão.
  • Não é fácil saber por que a situação persiste em não melhorar.
  • Por que os corruptos não vão para a cadeia.

Há casos em que “por que” representa a seqüência preposição + pronome relativo, equivalendo a “pelo qual” (ou alguma de suas flexões “pela qual, pelos quais, pelas quais”). Em outros contextos “por que” equivale a “para que”. Veja detidamente os exemplos abaixo:

  • Estas são as reivindicações por que estamos lutado.
  • O túnel por que deveríamos passar desabou ontem.
  • Lutamos por que um dia este país seja melhor.

2) Caso surja no final de uma frase, imediatamente antes de um ponto (final, de interrogação, de exclamação) ou de reticências, a sequência deve ser grafada “por quê”, pois, devido à posição na frase, o monossílabo “que” passa a ser tônico, devendo ser acentuado.

  • Ainda não estudou? Por quê?
  • Você ainda tem coragem de perguntar por quê?
  • Claro! Por quê?
  • Não sei por quê!

3) Já a forma “porque” é uma conjunção (causal ou explicativa), equivalendo a “pois”, “já que”, “uma vez que”, “como”. Observe os exemplos:

  • A situação se agravou porque muita gente se omitiu.
  • Sei que há algo errado porque ninguém apareceu até agora.
  • Você continua implicando comigo! É porque eu não abro mão de minhas ideias?

4) A forma “porquê” representa um substantivo. Significa “causa”, “motivo”, “razão” e normalmente surge acompanhada de palavra determinante (artigo, por exemplo). Como é um substantivo, pode ser pluralizado sem qualquer problema. Observe:

  • Dê-me ao menos um porquê para sua atitude.
  • Não é fácil encontrar o porquê de toda essa confusão.
  • Creio que os verdadeiros porquês mais uma vez não vieram à luz.

Galera, fica a dica para vocês! Bons estudos!

Comentários

comentários

Sem comentários