Os Tesouros de Jairo

Professor deixa de lado a precisão da matemática e abre o coração para falar sobre sua vida.

0
838

Apaixonado por ensinar, o professor de Matemática do QG do Enem, Jairo Teixeira, precisou percorrer outras profissões até chegar à sala de aula. E lá se vão quase 16 anos desde que ele decidiu “seguir o coração”, como nos conta. Mas essa é apenas uma das predileções de Jairo, que considera a família seu maior tesouro. Descubra, no relato abaixo, quais são as outras paixões do professor.


Origens

Sou natural de Recife (PE), onde cresci e vivo atualmente. Tenho hoje um irmão que é dentista e uma irmã médica. Meus pais são vivos, graças a Deus, e convivemos muito bem. Meu pai também é médico e com seu esforço pode nos dar uma educação de qualidade. Estudei, quando criança, no Colégio Marista São Luís, um dos mais tradicionais de Recife.

prof jairoLembranças da infância

Tive uma infância muito boa, eu diria uma infância padrão. Brinquei muito, estudei também, viajei bastante, enfim, foi uma infância muito feliz. Talvez a lembrança mais marcante da infância tenha sido a perda de meu irmão mais velho… Ele tinha 12 anos quando faleceu e eu 10. Foi uma dor imensa, mas Deus se encarrega de confortar! Claro que tenho lembranças boas também! Sempre morei num bairro tranquilo onde podíamos jogar futebol nas ruas, ainda sem calçamento. Era fantástico!

Família

Sou casado com Andréa e temos um casal de filhos: Maria Eduarda, 21 anos e Luiz Eduardo, 17 anos. Andréa é assistente social e trabalha com RH em um grande Hospital de Recife. Duda está cursando Administração de Empresas e Luizinho cursa o 3º ano do ensino médio. Tenho na minha família o meu maior tesouro. É impressionante como nos damos bem, como temos carinho uns pelos outros. Somos mesmo uma família abençoada!

Carreira

Comecei a lecionar há cerca de 16 anos. Na verdade, desde a época de colégio, eu já sabia que essa era a minha vocação, mas a trajetória foi bem interessante. Sou graduado em Engenharia Civil pela UFPE e estudei também Programação e Análise de Sistemas na Unicap/PE.
Comecei trabalhando com sistemas, depois fui trabalhar com engenharia civil. Alguns anos depois, a engenharia civil entrou numa crise grande e achei melhor mudar de ramo. Fui aprovado em um concurso para trabalhar numa grande instituição financeira, onde permaneci por cinco anos.
Durante todo esse tempo a minha paixão era ensinar! Isso me fascina, é uma motivação natural, espontânea. Então, decidi voltar à universidade, conclui um curso de Pós-graduação em Metodologia do Ensino da Matemática e comecei um novo desafio. Graças a Deus, logo consegui entrar no mercado, onde atuo até hoje.

Para relaxar

Nos momentos de lazer, adoro as “farrinhas”. É como diz a música: “com alguns bons amigos, bebendo de bem com a vida”! Mas, ao mesmo tempo, sou bem caseiro, de modo que os encontros são quase sempre em casa, com a família e amigos.
Sou louco por futebol, e assisto a tudo! Adoro praia e campo. Mas se tivesse que eleger o melhor dos melhores, acho que nada se iguala a viajar.


jairo entrevista 2Música

Gosto muito de tocar violão! Pude aprender quando criança e acho um instrumento belíssimo. Pena que, hoje em dia, com o corre-corre da vida, não sobra muito tempo para ele… Mas de vez em quando ainda pego um pouco para matar as saudades!

Conselho para os alunos

Pela própria trajetória profissional que segui, o maior conselho, sem dúvida, é “siga o seu coração”. Descubra o que você tem paixão por fazer e vá em frente, custe o que custar. Afinal, é isso que você vai fazer pelo resto da vida e não dá para ser algo que você goste mais ou menos. Tem que ser apaixonado! E lembrem-se: a vida é belíssima e tem que ser bem curtida, mas dá perfeitamente para curtir e estudar! Um grande abraço e que Deus os abençoe.

Comentários

comentários

Sem comentários