A Geografia no Coração

Professor João Felipe (Geografia) diz que vocação surgiu já na infância; sua maior motivação é desenvolver o senso crítico dos alunos.

0
1003

João Felipe Ribeiro leciona há 23 anos e conta que sempre teve a certeza de querer fazer Geografia. Nos momentos de lazer, o carioca tem programação certa: levar a esposa e o filho ao estádio e torcerem para o time de coração, o Botafogo.joaofelipe

Conheça mais sobre o perfil de João que, atualmente, é professor do QG do Enem, da Escola Parque, da rede Pensi e do Curso Miguel Couto, além de dar aulas para concursos.

Infância

Nasci e fui criado em Sulacap, no subúrbio do Rio de Janeiro (RJ), numa época em que as crianças tinham o costume de brincar nas ruas, o que foi muito divertido. Tenho três irmãos, duas irmãs e um irmão, então minha casa sempre foi muito movimentada, principalmente porque nossa família tem ascendência italiana. Minha mãe é italiana e tínhamos o hábito de reunir toda a família nos eventos, com muitos primos.

Família

Sou casado e tenho um filho de 20 anos do primeiro casamento.

Profissão

Sempre tive certeza que queria fazer Geografia, desde que me lembro da vida escolar já tinha interesse pelo assunto. Minha rotina hoje inclui dar muitas aulas, em diferentes lugares, para diferentes públicos – de alunos do primeiro ano do ensino médio até pessoas graduadas, que se preparam para concursos como o do Itamaraty.

A maior motivação que tenho é desenvolver o senso crítico nos alunos, em um país marcado por tantas desigualdades, em tantos níveis. Acho isso fundamental.

Lazer

Eu, minha mulher e meu filho somos torcedores fanáticos do Botafogo, então vamos a todos os jogos. Além disso, nos momentos de lazer gosto de assistir seriados e viajar com a minha esposa.

 

Comentários

comentários

Sem comentários

DEIXE UMA RESPOSTA