1ª Redação Agosto – O Desafio da Mobilidade Urbana no Brasil

Mobilidade Urbana: treine para a redação do Enem junto com o QG.

1
174136
mobilidade

 

Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema O desafio da mobilidade urbana no Brasil, apresentando experiência ou proposta de ação social, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Deixe claro o seu ponto de vista, por meio de argumentos coerentes e com embasamentos teóricos.

сколько часов рожают первый раз TEXTO 1

A mobilidade urbana é uma das prioridades da pauta de planejamento das cidades modernas. Os gestores públicos precisam enfrentar o desafio de apresentar soluções para o tráfego de 3,5 milhões de novos veículos que, a cada ano, passam a circular pelas vias urbanas do país, além da frota atual de 75 milhões.

A Lei 12.587/12, conhecida como Lei da Mobilidade Urbana, determina aos municípios a tarefa de planejar e executar a política de mobilidade urbana. O planejamento urbano, já estabelecido como diretriz pelo Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01), é instrumento fundamental necessário para o crescimento sustentável das cidades brasileiras.

A Política Nacional de Mobilidade Urbana passou a exigir que os municípios com população acima de 20 mil habitantes, além de outros, elaborem e apresentem plano de mobilidade urbana, com a intenção de planejar o crescimento das cidades de forma ordenada. A Lei determina que estes planos priorizem o modo de transporte não motorizado e os serviços de transporte público coletivo.

Além disso, a legislação determina à União prestar assistência técnica e financeira aos entes federados e contribuir para a capacitação de pessoas para atender a esta política pública.

O Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, é um parceiro dos gestores públicos no desempenho desta tarefa. A construção de um Brasil melhor dependerá, sem dúvida, do desenvolvimento de políticas públicas para melhorar a qualidade de vida da população brasileira.

(http://www.cidades.gov.br)

nvidia geforce 5500 характеристики TEXTO 2

 

 mobilidade

(http://blogs.diariodepernambuco.com.br/mobilidadeurbana/tag/engarrafamento/)

http://sneps.com.br/library/pravila-provoza-bagazha-v-ak-s7.html правила провоза багажа в ак s7 TEXTO 3

Qual meio de transporte você mais usa para se locomover em sua cidade?

mobilidade

(http://especiais.ne10.uol.com.br/vocemais20/013-mobilidade-urbana.html)

TEXTO 4

mobilidade

 

(http://www.botucatu.sp.gov.br/home.asp?include=mostra_noticias&id_video=&id_radio=&id_noticia=16054)

решение задач математика 1 класс моро TEXTO 5

обязательные требования в сфере технического регулирования устанавливаются Sonhar com dias sem carro, lutar por dias com transporte p http://cortexhr.com/priority/skachat-slovar-ukrainskogo-yazika-fb2.html скачать словарь украинского языка fb2 ú blico decente

словарь лексические трудности русского языка Juciano Martin Rodrigues (Doutor em Urbanismo, Pesquisador do Observat должностная инструкция машиниста кочегар котельной ó rio das Metr ópoles, Bolsista de Pós-Doutorado no IPPUR/UFRJ através do Programa Bolsa Pós-Doutorado Nota 10 da FAPERJ)

A cada ano, mais pessoas e entidades aderem ao Dia Mundial Sem Carro (DMSC), iniciativa que começou na França em 1997. Trata-se de uma ação que tem como ideia principal sensibilizar e mobilizar a população em torno das diversas questões relacionadas à mobilidade urbana. No caso brasileiro, chamar a atenção para as enormes dificuldades que as pessoas enfrentam para se deslocar nas grandes e médias cidades é urgente e, nesse sentido, o DMSC cumpre o seu papel.

(…)

Nos últimos anos, o aumento no número de veículos automotores no Brasil é 10 vezes maior do que o aumento da população: enquanto a população aumentou em 12,2% em uma década, o aumento no número de veículos motorizados foi de 138,6%. É o que revela dados preliminares de uma relatório que está sendo preparado pelo Observatório das Metrópoles, que será lançado no início de outubro.

Esses mesmos dados revelam que a frota de veículos automotores é composta majoritariamente por automóveis e motos: 65,9% são automóveis e 26,2% são motos; outros tipos de veículos somados representam apenas 7,9%. A sistematização das informações realizada pelo Observatório, a partir de dados disponibilizados pelo Denatran, mostra ainda que o Brasil terminou o ano de 2012 com mais de 50,2 milhões de automóveis e 19,9 milhões de motos.

Com isso, a taxa de motorização no país (número de automóveis para cada 100 habitantes) passou  de 14,2, em 2001, para 22,7 em 2011. Nas quinze principais regiões metropolitanas, essa mesma taxa atingiu 30,4 automóveis para cada 100 habitantes. Em algumas delas, é superior a 40 auto/100hab, são os casos de São Paulo  (40 auto/100hab), Florianópolis (41,2 auto/100hab), Campinas (43,2 auto/100hab) e Curitiba (44,9 auto/100hab).

(http://www.observatoriodasmetropoles.net/)

 

Comentários

comentários

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA